Submarino Riachuelo será incorporado à Marinha na próxima semana

Na próxima quinta-feira, dia primeiro de setembro, a Marinha do Brasil incorporará o submarino Riachuelo (S40) na Força de Submarinos.

A Cerimônia de Mostra de Armamento ocorrerá na Base de Submarinos da Ilha da Madeira (BSIM), localizado no Complexo Naval e Industrial de Itaguaí (CNI), as 10:00 hs, e marcará a transferência do primeiro submarino convencional com propulsão diesel elétrica do Programa de Desenvolvimento de Submarinos (PROSUB) para setor operativo da Força Naval.

Foto: Marinha do Brasil

Histórico

Criado em 2008, por meio da parceria estabelecida entre o Brasil e a França, o PROSUB teve como objetivo a produção de quatro submarinos convencionais (S40 Riachuelo, S41 Humaitá, S42 Tonelero e S43 Angostura), o desenvolvimento e fabricação do primeiro submarino brasileiro com propulsão nuclear (SN10 Álvaro Alberto), a construção de um complexo de infraestrutura industrial e de apoio à operação dos submarinos, que engloba os Estaleiros, a Base Naval e a Unidade de Fabricação de Estruturas Metálicas (UFEM), no município de Itaguaí (RJ).

A concretização do programa fortaleceu setores da indústria nacional de importância estratégica para o desenvolvimento econômico do país, priorizando a aquisição de componentes fabricados no país e sendo um forte incentivo ao nosso parque industrial, e dotou a indústria brasileira da defesa com tecnologia nuclear de ponta.

Os principais marcos do programa são:

O Riachuelo é a sétima embarcação da Marinha do Brasil, e o terceiro submarino, a receber este nome, em homenagem à Batalha Naval do Riachuelo, ocorrida em 1865 na Guerra do Paraguai, e sua entrada em operação representa um considerável aumento da capacidade dissuasória da Marinha na segurança das riquezas do mar territorial e de suas rotas marítimas, responsáveis por 95% do comércio exterior do país.

Artigos Relacionados

Formulação Conceitual dos Meios Blindados do Exército Brasileiro ESTADO-MAIOR DO EXÉRCITO-PORTARIA Nº 162-EME, DE 12 DE JUNHO DE 2019 Documento...

Pela primeira vez no Brasil, foi realizado o reabastecimento em voo (REVO) por helicóptero, foi a chamada Operação MANGA. Na...

O Grupo EDGE, estatal de tecnologia os Emirados Árabes, anunciou que formalizou uma “joint venture” (JV) com a empresa espanhola...

O Exército Brasileiro (EB), por meio da Chefia de Material do Comando Logístico (CMat/CoLog), publicou hoje, dia 04 de março,...

Durante a HAI Heli Expo 2024, que aconteceu no final de fevereiro, nos Estados Unidos, a Safran Electronics & Defense...

Um valor em torno de U$ 400 milhões, resultante de acordo entre o grupo britânico e o Exército da Dinamarca...

Comentários

4 respostas

  1. Paulo, esse submarino já realizou algum disparo real de torpedo? Ou está planejado para ser feito mais adiante?

  2. Que notícia boa, especialmente porque significa que se recuperou totalmente do acidente que teve a alguns meses atrás. Parabéns à MB.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Disponível

DISPONÍVEL