Lockheed Martin abre linha de produção de asas do P-3

P-3
(Imagem: Cristián Marambio)

De Viña del Mar (Chile) – Assim como foi anunciado anteriormente, na Exponaval 2014, a planta de Marietta (GA) da Lockheed Martin reiniciou a linha de produção de asas do P-3 para cumprir com os novos programas MLU assinados recentemente com o Canadá e o Chile.

Segundo a empresa, o último set de asas havia sido produzido em agosto de 2014, e a empresa estava esperando que potenciais clientes avaliassem os requerimentos de modernização de suas frotas de P-3.

A estimativa é que o programa MLU brindará aos P-3 uma extensão em sua vida útil de 20/25 anos ou 15.000 horas. Vale relembrar que os dois exemplares chilenos também foram objeto de modernização em componentes eletrônicos, receberam um radar israelense novo e foram reabilitados a portar e lançar torpedos.

O primeiro P-3ACh do Esquedrão Aeronaval VP-1, localizado na BAN Con-Con, deve voar aos Estados Unidos no primeiro semestre deste ano e vai permanecer na planta da Lockheed Martin durante pouco menos de um ano.

Cristián Marambio

Artigos Relacionados

Formulação Conceitual dos Meios Blindados do Exército Brasileiro ESTADO-MAIOR DO EXÉRCITO-PORTARIA Nº 162-EME, DE 12 DE JUNHO DE 2019 Documento...

Pela primeira vez no Brasil, foi realizado o reabastecimento em voo (REVO) por helicóptero, foi a chamada Operação MANGA. Na...

Empresa do Grupo Embraer participa de debate sobre soluções tecnológicas que estão moldando o futuro dos grandes centros urbanos As...

Hoje, dia 16 de maio, às 18:00hs, será lançado o livro “Segurança Escolar – Prevenção multidisciplinar escolar contra-ataques ativos”, de...

Um drone do Exército Brasileiro (EB) localizou, no fim da tarde dessa terça-feira, dia 14, moradores pedindo ajuda no topo...

A Águas Azuis, Sociedade de Propósito Específico (SPE), estabelecida entre a Thyssenkrupp Marine Systems, Embraer Defesa& Segurança e Atech para...

Comentários

DISPONÍVEL