FIDAE 2016: Textron de olho no mercado de aviões de combate na América Latina

0
2142

Imagem 1 Scorpion-FIDAE
(Imagem: Textron Airland)

A norte-americana Textron Airland está exibindo o novo avião de combate Scorpion na Feira Internacional de Aeronáutica e Espaço (FIDAE) 2016. Essa é a primeira vez que a aeronave participa de um evento do gênero, sendo que a companhia busca um usuário de lançamento para esse produto.

Revelado pela primeira vez em setembro de 2013, o Scorpion vem sendo desenvolvido para cumprir variada gama de missões, entre elas, contra-insurgência (COIN), patrulha de fronteiras, vigilância marítima, combate ao narcotráfico e defesa aérea. O valor unitário divulgado é da ordem de US$ 20 milhões.

O Scorpion possui um compartimento central interno com cerca de 2,3 m³ para acomodar diversos tipos de cargas úteis como sensores e sistemas de armas. Além disso, a aeronave está dotada de três pontos duros em cada asa para carregar sensores adicionais, tanques extras de combustível e armamentos como munições  guiadas Textron G-CLAW e Textron/Thales Fury.

Imagem 3 Scorpion-FIDAE
O Scorpion possui um compartimento ventral interno para acomodar armas, sensores, entre outros itens. (Imagem: Textron Airland)

O Scorpion é capaz de alcançar velocidade de 833 Km/h, altitude de 13,7 mil metros e distância de 4.450 Km. Conforme a fabricante, a combinação dessas performances com a capacidade modular de carga útil da aeronave faz dele uma promissora solução tanto em termos de capacidade tática quanto custos operacionais.

A Textron Airland vê o mercado latino-americano como altamente atrativo já que o Scorpion oferece capacidades que atendem a maioria das demandas operacionais dos países da região. De acordo com projeção de mercado divulgada pela revista IHS Jane’s, a América Latina irá requisitar 285 aviões de combate até 2025, que segundo a fonte corresponde a um montante financeiro de US$ 12.5 bilhões.

Ivan Plavetz
Fonte: Textron Airland