BPChq da PMERJ recebe treinamento da CRS francesa

0
2426
CHOQUE-CRS 2
(Imagem: Gabriel Mothé)

Mais uma parceria em capacitação entre a Polícia Militar do Estado do Rio de Janeiro e a Companhia Republicana de Segurança (CRS) da Polícia Nacional da França está em andamento. O intercâmbio, que está sendo realizado na sede do Batalhão de Polícia de Choque (BPChq) visando os Jogos Olímpicos de 2016, terá duração total de duas semanas.

Desde segunda-feira (16/11), o trio formado pela tenente Ana Cristina Poinchon, pelo cabo chefe Antônio José Marçalo e pelo soldado Nicolau Louvier está ministrando instruções práticas e teóricas sobre gestão democrática de multidões para uma turma formada por 40 policias militares vindos de unidades estratégicas, como o Grupamento Especial de Policiamento em Estádios (GEPE), o Regimento de Polícia Montada (RPMont), o Batalhão de Policiamento em Grandes Eventos (BPGE), o Batalhão de Operações com Cães (BAC) e o próprio Batalhão de Choque.

“Viemos mostrar, sobretudo com a proximidade dos Jogos Olímpicos, nossas táticas e técnicas para manter a ordem, e o que a gente chama de gestão de multidão. Na França, nós temos muita experiência na atuação em eventos com grande concentração de pessoas. Por isso, é um prazer trocar experiências com a Polícia Militar do Rio e ajudá-los”, afirmou o cabo Marçalo.

A ideia, de acordo com o chefe da Seção de Instrução Especializada do BPChq e coordenador do curso com os franceses, capitão Gilberto Martins Ribeiro Filho, é que os participantes atuem como agentes multiplicadores de conhecimento na unidade.

“A absorção e a adaptação das técnicas e táticas são válidas para ambas as partes. Nós procuramos colocar sempre novos alunos a cada curso, para que o número de multiplicadores dentro da tropa seja cada vez maior”, disse o capitão Gilberto.

 

Ronaldo Olive