Nota de Retratação sobre a Escola de Aviação Sierra Bravo Aviation.

0
1677

A redação de T&D foi contactada pela Sierra Bravo Aviation, após a notícia dada pela Força Aérea sobre a interceptação de um avião Seneca II prefixo PR-EBF, e repercutida no website da publicação.

Os representantes da empresa informaram que a aeronave em questão, envolvida na interceptação realizada pela Força Aérea Brasileira, não pertence mais a empresa desde novembro de 2016 (imperioso observar que a página da escola de aviação, em março de 2018, ainda apresenta imagens da aeronave, valores para realizar cursos de instrução multimotor e outras informações, tudo com base no PR-EBF, daí o equívoco).

A imprecisão nos dados informados só foi detectado após a consulta ao RAB, Registro Aeronáutico Brasileiro. Da parte da empresa, deverá haver uma atualização de suas mídias digitais, e da nossa parte, fica o desagravo a empresa Sierra Bravo Aviation.

A aeronave PR-EBF Seneca II não faz parte da sua frota desde novembro de 2016.

redação T&D