Navio-Escola Brasil completa 30 anos de comissionamento

0
2411
(Imagem: Marinha do Brasil)

O Navio-Escola (NE) Brasil, que desatracou no mês passado para realizar mais uma Viagem de Instrução de Guardas-Marinha (VIGM), completou 30 anos de comissionamento. Comissionado pela Marinha do Brasil (MB) no dia 21 de agosto 1986, o NE Brasil fez sua primeira VIGM em 1987.

Desenvolvido a partir do projeto das Fragatas Classe Niterói, o navio teve todas as suas instalações redesenhadas para dar suporte às atividades de instrução e atender às modernas exigências curriculares, permitindo melhor adaptação dos guardas-marinha à vida de bordo.

O NE Brasil possui compartimento para ensino da navegação, centro de informação de combate, auditórios, salas de aula para instruções práticas e teóricas.

Ao longo dos anos de atividade, o NE Brasil tem passado por diversas atualizações tecnológicas. Está equipado com modernos sistemas, a maioria proveniente de projetos desenvolvidos, tanto pela Marinha do Brasil, quanto por empresas nacionais, destacando-se o Sistema de Simulação Tática e Treinamento (SSTT), importante recurso instrucional de Operações Navais para os Guardas-Marinha; o Centro de Integração de Sensores para Navegação Eletrônica (CISNE); o Sistema de Controle de Avarias (SCAv); e o Sistema de Controle e Monitoramento da Propulsão (SCMP).

Anualmente, o NE Brasil realiza a VIGM com os seguintes propósitos: complementar, com ênfase na experiência prática, os conhecimentos teóricos adquiridos pelos Guardas-Marinha na Escola Naval durante o Ciclo Escolar; aprimorar a formação cultural dos futuros Oficiais da Marinha do Brasil; e representar o País e a Marinha nos diversos portos visitados, promovendo o estreitamento dos laços de amizade com nações amigas.

Durante a VIGM, são ministradas aulas práticas de navegação, meteorologia, marinharia, operações navais, controle de avarias e administração naval, bem como é conduzida a importante fase de adaptação dos Guardas-Marinha à vida de bordo. Com esses propósitos o NE Brasil iniciou no último dia 24 de julho a 30ª VIGM.

A construção do NE Brasil foi iniciada em 1981 no Arsenal de Marinha do Rio de Janeiro. (Imagem: Marinha do Brasil)
A construção do NE Brasil foi iniciada em 1981 no Arsenal de Marinha do Rio de Janeiro. (Imagem: Marinha do Brasil)

Os planos da 30ª VIGM incluem visita a dezenove portos em quatorze países: Salvador (Brasil), Las Palmas (Espanha), Sète (França), Mônaco, Civitavecchia (Itália), Barcelona (Espanha), Lisboa (Portugal), Londres (Inglaterra), Hamburgo (Alemanha), São Pesterbugo (Rússia), Estocolmo (Suécia), Amsterdã (Holanda), Lê Havre (França), Baltimore e Jacksonville (Estados Unidos da América), Havana (Cuba), Kingston (Jamaica), Cartagena (Colômbia) e Fortaleza (Brasil).

O NE Brasil levará a bordo a turma “Aspirante Vitor Lauria”  composta por 200 guardas-marinha, sendo 136 do Corpo da Armada, 33 do Corpo de Fuzileiros Navais e 31 do Corpo de Intendentes da Marinha. Participarão, ainda, três segundos-tenentes primeiros colocados dos cursos de especialização realizados no Centro de Instrução Almirante Wandenkolk; e, como convidados, um segundo-tenente da Força Aérea Brasileira, um segundo-tenente do Exército Brasileiro, dois oficiais da Marinha Mercante Nacional, três servidores civis da Marinha, além de sete convidados das seguintes Marinhas amigas: Argentina, Chile, França, Portugal, Uruguai e México.

Ivan Plavetz