Brasil celebra o 50º aniversário de lançamento do primeiro foguete

0
1396
Imagem 1- 50ºAniv.CLBI
(Imagem: Agência Força Aérea)

O Centro de Lançamento da Barreira do Inferno (CLBI) lançou na última terça-feira (15), às 16h35 (horário de Brasília), um foguete universitário planejado, construído e montado pelas equipes da Competição Brasileira Universitária de Foguetes (COBRUF). A operação celebrou o 50º aniversário do lançamento do primeiro foguete a partir de uma plataforma da Barreira do Inferno.

“Esse lançamento comemora o início das atividades espaciais no País e é muito importante porque representa uma das ações da Agência Espacial Brasileira para a participação do meio acadêmico em programas espaciais”, explicou o diretor do CLBI, coronel Maurício Lima de Alcântara.

No dia 15 de dezembro de 1965, no mesmo horário, foi lançado o foguete NIKE APACHE, veículo espacial procedente da NASA, a agência espacial americana. A equipe técnica do Grupo de Trabalho de Estudos e Projetos Especiais (GTEPE) executou a instalação dos equipamentos, operacionalizou o campo e efetuou o lançamento. A operação foi bem-sucedida. As equipes fizeram o disparo, o rastreio e a coleta de dados do veículo.

História

Imagem 2- 50ºAniv.CLBI
NIKE APACHE foi o primeiro foguete lançado do CLBI (Imagem: arquivo histórico Força Aérea Brasileira)

Nesses 50 anos, o CLBI, unidade da Força Aérea Brasileira (FAB) localizada em Parnamirim (RN), serviu como base de lançamento de aproximadamente três mil foguetes e rastreamento de cerca de duzentos veículos espaciais lançados a partir da Guiana Francesa, entre eles os foguetes Ariane, Soyuz e Vega.

Ivan Plavetz