Preservando a história

O Museu Militar do Comando Militar do Sul (MMCMS) se prepara para receber em seu acervo o Blindado Renault FT.17, o primeiro blindado de combate utilizado por um exército na América Latina.

De origem Francesa, o Renault FT Mod.1917 foi um dos primeiros tanques de guerra fabricados no mundo. Leve, rápido e fácil de ser produzido, operado, mantido e reposto, ele foi o mais bem sucedido tanque utilizado pelas unidades aliadas durante a Primeira Guerra Mundial, entre as quais serviram os militares brasileiros na frente ocidental durante a missão militar de 1918.

Este exemplar pertenceu ao primeiro lote tanque do Exército Brasileiro, que recebeu 12, de três versões diferentes, em 1921, e que foi utilizado na Companhia de Carros de Assalto, sob o comando do capitão José Pessoa Cavalcanti de Albuquerque, na Vila Militar do Rio de Janeiro (RJ).

A viatura está sendo doada pelo Centro de Instrução de Blindados (CIBld), como parte das Comemorações dos 100 anos dos Blindados no Brasil. Restaurado e preparado pelo Parque Regional de Manutenção 3 (Pq R Mnt/3), o pioneiro da manutenção dos blindados, tão logo esteja pronto virá para o Museu Militar, a fim de fazer parte do seu mais novo acervo histórico. O transporte da cidade de Santa Maria para Porto Alegre, ambas no estado do Rio Grande do Sul, contará com o apoio da equipe do 8° Batalhão Logístico (8º BLog).

O MMCMS, também conhecido como “Museu do Exército”, está localizado no centro de Porto Alegre e atualmente está em reformas, aproveitando o seu fechamento temporário por conta das medidas restritivas para conter á pandemia de Covid-19, mas reabrirá em breve com muitas novidades.

Um Renault FT Modèle 1917, na versão com torre Berliet e canhão Puteaux de 37mm, a mesma preservada no MMCMS, durante sua operação no EB, nos anos 20 (foto: arquivo pessoal do autor)

É o Exército Brasileiro investindo em Cultura e Conhecimento.

Com informações e imagens do Comando Militar do Sul

Artigos Relacionados

Formulação Conceitual dos Meios Blindados do Exército Brasileiro ESTADO-MAIOR DO EXÉRCITO-PORTARIA Nº 162-EME, DE 12 DE JUNHO DE 2019 Documento...

Pela primeira vez no Brasil, foi realizado o reabastecimento em voo (REVO) por helicóptero, foi a chamada Operação MANGA. Na...

A Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária (Embrapa) planeja testar uma das mais avançadas tecnologias de imageamento por satélite. Isso será...

A IACIT fortaleceu sua posição no mercado ao estabelecer uma colaboração estratégica com a Omnisys Engenharia, subsidiária da Thales, e a Meteomatics,...

A MBDA assinou uma emenda contratual com a Organização para Cooperação Conjunta em Armamento (OCCAR) para aumentar as capacidades técnicas...

A equipe de Tecnologia & Defesa esteve a bordo do super navio-aeródromo USS George Washington (CVN 73), um navio de...

Comentários

3 respostas

  1. Excelente notícia ! A preservação de nosso patrimônio bélico é fundamental para resgatarmos nosso história. Será que terá condições de uso, Paulo Bastos ? Ou somente exposição estática ? O FT-17 foi de fato o primeiro tanque do mundo com o “padrão” que conhecemos hj em dia com torreta giratória. Revolucionou a guerra em seu tempo, apesar da fraca blindagem e de apenas motorista e atirador. Hoje em dia o MBT russo Armata T-14, o mais moderno do mundo, se não me engano, utiliza essa configuração de apenas 2 pessoas.

    1. Ola Adriano, esse modelo esta sendo restaurado para exibição estática.
      O exemplar que esta no CIBld é que esta em condições de rodagem, sendo um dos poucos no mundo, e é utilizado em cerimônias oficiais da unidade.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

DISPONÍVEL