Brigada Guarani realiza estágio de manutenção da SARC UT30BR

No período de 8 a 25 de setembro, a 15ª Brigada de Infantaria Mecanizada (15ª Bda Inf Mec), a Brigada Guarani, por intermédio de sua Seção de Projetos, conduziu o estágio de manutenção para o Sistema de Armas Remotamente Controlado (SARC) UT30BR, ministrado por técnicos da empresa Ares Aeroespacial e Defesa, nas instalações do 33º Batalhão de Infantaria Mecanizado (33º BI Mec) e do 15º Batalhão Logístico (15º B Log).

O estágio contou com a presença de 41 militares entre oficias, sargentos, cabos e soldados integrantes dos Pelotões de Apoio de Fogo dos Batalhões de Infantaria Mecanizados (Pel Ap F/BI Mec) e mecânicos de armamento do 15º BLog.

Como objetivo principal, foi realizada a manutenção assistida de 1º escalão do SARC UT30BR pelos integrantes dos Pel Ap F/BI Mec e de 2º escalão pelos mecânicos de armamento destas unidades mecanizadas e do 15º BLog.

O SARC UT30BR é composto de um canhão automático de 30 mm, dotado de uma metralhadora coaxial calibre 7,62 mm, lançadores de granadas fumígenas, contendo sistema de observação, direção e controle de tiro, com visão noturna para o comandante e o atirador da viatura.

Informações: CCOMSEx
Fotos: Sd José

 

Veja também

UT30BR – 33º BI Mec adestra Pelotão de Apoio de Fogo

O SARC UT30BR NÃO FOI REPROVADO PELO EB, veja o que de fato ocorreu

 

Artigos Relacionados

Formulação Conceitual dos Meios Blindados do Exército Brasileiro ESTADO-MAIOR DO EXÉRCITO-PORTARIA Nº 162-EME, DE 12 DE JUNHO DE 2019 Documento...

Pela primeira vez no Brasil, foi realizado o reabastecimento em voo (REVO) por helicóptero, foi a chamada Operação MANGA. Na...

A Comissão do Exército Brasileiro em Washington (CEBW) publicou, na última sexta-feira, dia 19 de abril, um pedido de cotação...

O crescimento da Base Industrial de Defesa e Segurança Pública (BIDS) torna esse setor ainda mais estratégico e relevante para...

Em comemoração a semana do Exército, o Comando Militar do Sudeste (CMSE) está organizando uma série de eventos na Capital Paulista,...

O Ministério da Defesa (MinDef), por meio da Secretaria de Produtos de Defesa (SeProD), acompanhou, entre os dias 15 a...

Comentários

5 respostas

  1. Eu acho essa torre com canhão de 30mm muito relevante no nosso continente, ela tem um poder de fogo que foge do comum por aqui.

    1. Oi Bueno.
      Na minha matéria “O SARC UT30BR NÃO FOI REPROVADO PELO EB, veja o que de fato ocorreu”, eu falo que o EB, até o momento, opera 10 sistema VBTP Guarani UT30BR e que aguarda o término de seu processo de homologação para adquirir, inicialmente, mais 25.

  2. Obrigado, Paulo Bastos!
    Matéria excelente e esclarecedora.
    25! Legal, (25+10) então são as 35 do contrato de 2016 para instalação nas viaturas.
    A intenção é comprar 216 unidades. Muito bom!!

    Que entendi do descrito na matéria http://tecnodefesa.com.br/sarc-ut30br-nao-foi-reprovado-pelo-eb/

    2008- EB compra 3 unidades iniciais “protótipos” – contrato 10/2008-DCT
    2010 – Protocolo de Intenção aquisição futura de 216 unidades – 12/ 2010
    2012 – Firmado o Contrato Nº 13/2012-DCT para 10 torres – já compradas e em testes.
    2015 -5 unidades são instaladas 2016 as outras 5.
    Final de 2016, EB e a IVECO Latin America assinam o contrato 120/2016 para a aquisição de 1.580 Viaturas Guarani, de diversas versões, incluindo 35 equipadas com o SARC UT30BR.
    2019 – EB assinou já com a ARES Aeroespacial e Defesa, agora subsidiária da ELBIT os treinamentos e manutenção que vem ocorrendo.

    Valeu!!

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

DISPONÍVEL