Uruguai negocia doação de obuseiros AP M108 com o Brasil

5
3709
VBC OAP M108 do 3º GAC AP realizando os últimos disparos operacionais no EB, em 11 de setembro.

Após o recebimento de 25 Carros de Combate M41-C Caxias, o Ejército Nacional de Uruguay (EU) inicia os tramites para a doação de ao menos 8 (oito) Viaturas Blindadas de Combate Obuseiro Autopropulsado (VBC OAP) M108 que foram recentemente desativados pelo Exército Brasileiro (EB).

 

No dia 12 de dezembro o 22º Grupo de Artilharia de Campanha Autopropulsado (22° GAC AP), de Uruguaiana-RS, recebeu uma comitiva do EU para averiguação M108 do Grupo Uruguaiana, e estes ficaram impressionados com o elevado índice de disponibilidade e ótimo estado de manutenção desses obuseiros.

O M108 é um obuseiro autopropulsado equipado com um tubo M103 de 105mm e 30 calibres. Foi projetado no final dos anos 60, para substituir os M52 e entrou em operação no exército dos Estado Unidos em 1966, logo sendo enviado ao Vietnã, onde entrou em combate, porém logo foi substituído pelos M109.

O Brasil adquiriu 72 deles no final dos anos 60, procedentes dos depósitos do US Army, através dos acordos militares entre os dois países, no final dos anos 60. Chegaram em 1972 e equiparam 6 (seis) GAC AP, onde criaram a doutrina de artilharia autopropulsada do EB, sendo utilizados até recentemente, sendo os últimos substituídos pelos modernos VBC OAP M109 A5+ BR. Seus últimos disparos operacionais ocorreram em 11 de setembro último, nas mãos do 3º GAC AP.

Atualmente o EU conta com 6 (seis) obuseiros autopropulsados 2S1 Gvozdika, de 122mm e origem tcheca, adquiridos em 1988, também por doação. Essas peças equipam uma Bateria de Artilharia Autopropulsada no Grupo de Artillería AP 122mm Nº2, o  “Grupo Exodo del Pueblo Oriental”, na cidade de Trinidad, e suposta chegada dos M108 permitirão a criação de outra.

5 Comentários

  1. Seria uma boa fazer isso, uma política de boa vizinhança. Se não doarmos o que farão com os M108 vão ser estocados, vendidos para sucata ou vão virar alvos?

  2. O que o Brasil desativar, se der pra ser aproveitado pelos nossos vizinhos que estão precisando estou de acordo. É uma boa tática de se reforçar laços de amizade.

  3. Olha não sei do estado das forças armadas do Uruguai mas acredito q seria melhor doar para o Paraguai, q as forças armadas estão muito precárias, moro na fronteira e sei bem disso e quanto ao Uruguai, se não me engano, esses tempos teve uma notícia de aquisição de blindados T-72.

    • Ola Marcos.
      O exército paraguaio parece que também mostrou interesse em receber alguns M-108, mas desconheço se os tramites burocráticos ja tenham iniciado. De qualquer forma, a quantidade disponível desses blindados permitiria a doação a ambos os países, se for o caso.
      Sobre a aquisição de T-72 pelo Uruguay eu desconheço, sei que eles possuem apenas 15 Ti-67 Tiran 5 (versão do T-55 capturados e modernizados pelos israelenses), 22 M-41 A1 UR e 15 M-41 C Caxias, esses últimos também doados pelo Brasil.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here