Um novo carro de combate leve, a proposta da BAE Systems

4
1687

A empresa de defesa global BAE Systems revelou o projeto de uma plataforma blindada extremamente ágil, desenvolvida para o programa Mobile Protected Firepower (MPF), do Exército dos Estados Unidos (US Army).

Um infográfico da versão aprovada do novo veículo solicitado pelo Exército para dotar o grupo de combate da brigada de Infantaria (Infantry Brigade Combat Team – IBCT) de uma plataforma protegida, capaz de fornecer apoio de fogo com grande precisão, combinada com uma alta mobilidade em uma ampla variedade de terrenos e condições operacionais foi apresentado.

De acordo com o material divulgado, o carro será armado com canhão de 105 mm, com um sistema de carregamento automático para uma cadência de 12 tiros por minuto, além de sistema de armas remotamente controlados (SARC) com metralhadoras de calibre 7,62mm ou .50 BMG. Trata-se de uma evolução do sistema de armas blindado M8, com baixa assinatura em campo de batalha, tecnologias embarcadas de última geração e desenho do conjunto do motor e transmissão (powerpack) que facilita a manutenção, com acesso fácil e dispensando a utilização de equipamentos pesados. Também integra blindagem modular com materiais compósitos, escalonável, e subsistemas de sobrevivência inovadores. O sistema de fixação dos módulos da blindagem simplifica o reparo ou a substituição mesmo em ação.

São utilizados sistemas de consciência situacional proporcionando altos níveis de sobrevivência e proteção da tripulação. O design compacto permite a acomodação de várias unidades em um C-17 Globemaster III, superando os requisitos de transporte definidos.

O US Army  anunciou que o programa MPF  está entrando em uma nova fase de avaliação. De acordo com o comunicado emitido pela diretora de Relações Públicas dos Sistemas de Combate Terrestre do Exército, Ashley John, em 11 de dezembro, as primeiras plataformas de combate terrestre de pré-produção estão sendo entregues em Fort Bragg, na Carolina do Norte, para serem avaliadas (Soldier Vehicle Assessment – SVA).

Com informações do Defence Blog

4 Comentários

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here