Tempestade atinge o CA-Sul e danifica parte do SIMAF

1
1266

Na madrugada dos dias 7 e 8 de setembro, o Centro de Adestramento-Sul (CA-Sul) foi atingido por uma forte tempestade que causou o destelhamento da cobertura do galpão onde ficavam armazenadas as peças sensorizadas de sua linha de fogo do Simulador de Apoio de Fogo (SimAF).

O fenômeno que ocorreu na região se caracterizou por uma forte tempestade, com duração de quase 12 horas, e com rajadas de vento de aproximadamente 80 km/h, porem estas foram localizadas em determinadas áreas, como as instalações do CA-Sul. Outras organizações militares (OM) do Exército Brasileiro (EB) nas proximidades também fora atingidas, porem com menor intensidade, mas ocasionando queda de árvores e danos menores em suas instalações.

Na manha de ontem, dia 08, foram enviados dois oficiais engenheiros militares que já estão realizando o relatório de danos e verificando as condições estruturais das instalações atingidas. O panorama atual é a falta de energia e por consequência a falta de comunicação.

Imagens dos estragos (fonte: desconhecida)

O SimAF tem como função adestrar os grupos de artilharia e pelotões de morteiros das OM do Comando Militar do Sul e o EB possui duas unidades, a do CA-Sul e outra na Academia Militar das Agulhas Negras (AMAN), e esta ultima poderá ser utilizadas como contingência até o restabelecimento da unidade de Santa Maria, porem isso não se deve fazer necessário.

O EB informou que não ocorreram vítimas e que todos os esforços estão sendo realizados para o reestabelecimento das instalações e do funcionamento do SimAF, que deve retornar, parcialmente, em um curto prazo de tempo.

Neste desenho do SIMAF dá para se ver, ao fundo, a parte da danificada pela tempestade. Todo o restante se mantém intacto (Imagem: CA-Sul)

Essa ferramenta está sendo crucial no apoio às certificações das Brigadas das Forças de Prontidão (FORPRON), e cada unidade é composta por Linha de Fogo (LF), Postos de Observação (PO), Central de Tiro (CT) e Central de Controle (CC).

1 Comentário

  1. Porque ser brasileiro e ter sempre um constante sensação que toda conquista sempre vai ser seguida de um “regressão” ….. chega a ser desgastante cultivar esperança e ficar feliz só para ver ambas serem quebradas em um futuro próximo. tenho 25 anos e sou de uma geração que infelizmente só viu sempre as coisas piorarem a cada dia.

    Espero que o CA-Sul se recupere logo.

    Tem algo que possamos fazer? uma campanha coletiva, como já vi em varia inciativas privadas, ou somente através de verba do estado o centro de instrução poderá ser reparado?

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here