Taurus é suspensa de participar de licitações do estado de SP e leva multa de R$ 12,6 mi em processo da PM

  • O processo administrativo é referente a contratos de fornecimento de pistolas realizados entre 2007 e 2011

A fabricante de armas Taurus (TASA3;TASA4) está suspensa de participar de licitações do governo do Estado de São Paulo e também recebeu uma multa administrativa de R$ 12,674 milhões em processo relacionado ao fornecimento de pistolas para a Polícia Militar de São Paulo.

A companhia afirmou que vai interpor “recurso cabível” para esse caso.

A Taurus ainda comunicou que a decisão administrativa não produzirá efeitos imediatos, uma vez que está sujeita a recurso, com efeito suspensivo.

O processo administrativo é referente a contratos de fornecimento de pistolas realizados entre 2007 e 2011 e que foram disponibilizadas à PM.

O estande da CBC Taurus durante a LAAD Security 2018.

A empresa alega que entregou as armas de acordo com as especificações contratadas e que as pistolas em questão estão em uso há mais de dez anos pela corporação.

“Não há evidências técnicas ou fundamentos jurídicos que permitam a penalização da companhia que toma e tomará todas as medidas administrativas e judiciais cabíveis para reversão da penalidade aplicada”, afirmou a empresa em comunicado.

Além de recorrer da decisão, a Taurus afirma que o processo administrativo não afeta a disponibilidade da empresa em participar de licitações de outros Estados e que há três anos não fornece equipamentos para São Paulo e que, por isso, a medida não deve ter efeito em suas receitas.

Artigos Relacionados

Formulação Conceitual dos Meios Blindados do Exército Brasileiro ESTADO-MAIOR DO EXÉRCITO-PORTARIA Nº 162-EME, DE 12 DE JUNHO DE 2019 Documento...

Pela primeira vez no Brasil, foi realizado o reabastecimento em voo (REVO) por helicóptero, foi a chamada Operação MANGA. Na...

O Grupo EDGE, estatal de tecnologia os Emirados Árabes, anunciou que formalizou uma “joint venture” (JV) com a empresa espanhola...

O Exército Brasileiro (EB), por meio da Chefia de Material do Comando Logístico (CMat/CoLog), publicou hoje, dia 04 de março,...

Durante a HAI Heli Expo 2024, que aconteceu no final de fevereiro, nos Estados Unidos, a Safran Electronics & Defense...

Um valor em torno de U$ 400 milhões, resultante de acordo entre o grupo britânico e o Exército da Dinamarca...

Comentários

2 respostas

  1. Boa! Uma otima lição a poderosa taurus que por obra deste monopólio absurdo “sentou” em cima do mercado nacional e não se preocupou com a segurança e respeito aos usuários tanto policiais e quanto civis. Tenho várias taurus, revólveres e pistolas, sendo a última comprada em 1999 quando esta referida fábrica ainda fabricava produtos com alguma qualidade.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Disponível

DISPONÍVEL