Segunda edição do Flying Challenge Brasil, promovido pela Airbus Foundation, é concluída com resultados positivos

0
702
O “Flying Challenge” é um projeto educacional de iniciativa da Airbus Foundation que tem como mote principal desenvolver a confiança de alunos e inspirá-los a continuar evoluindo com a educação, facilitando a descoberta da sua vocação profissional.

• Brasil foi o primeiro país da América Latina a aderir à iniciativa
• Programa já beneficiou mais de 4.900 estudantes em dez países

A Airbus Foundation e a Helibras, em parceria com o Centro Integrado de Estudos e Programas de Desenvolvimento Sustentável (CIEDS), realizaram a cerimônia de formatura da segunda edição do programa Flying Challenge Brasil, em Itajubá (MG).


O Flying Challenge é um programa de mentoria que visa melhorar a confiança dos alunos e inspirá-los a explorar carreiras na indústria aeroespacial. Nesta edição, participaram 51 alunos com idades de 9 a 11 anos da Escola Municipal Professora Isaura Pereira dos Santos.

Os nove alunos vencedores da edição deste ano foram premiados com uma viagem ao Rio de Janeiro, acompanhados de seus pais ou responsáveis, para ter uma experiência única de ‘voar’ no simulador de voo do helicóptero H225M.

Resultados positivos

Entre setembro e dezembro, os alunos participaram de aulas de matemática e português, bem como oficinas e workshops de Ciência e Tecnologia, como drones e duelos de robôs. Também tiveram a oportunidade de visitar o espaço Interciências da Universidade Federal de Itajubá (UNIFEI) durante a orientação. Além disso, o programa proporcionou treinamentos educacionais focados em inovação e pensamento computacional para professores e ensinou aos pais ou responsáveis técnicas de acompanhamento das rotinas escolares, visando melhorar o desempenho dos alunos na escola.

A segunda edição do Flying Challenge Brasil terminou com resultados positivos, registrando um aumento no nível de confiança dos participantes em relação ao ano passado. Os números também apontaram melhorias em suas habilidades de comunicação e racional. Além disso, 90% dos alunos recomendariam o projeto a seus amigos.

“Ao longo do programa, percebemos o fascínio das crianças pela aviação, por meio da qual demonstraram no dia a dia envolvimento e interesse pelo segmento. Para esta edição não foi diferente, pois tínhamos o desejo e meta de garantir resultados ainda melhores”, disse Ana Carolina da Silva, uma das voluntárias do programa.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here