Rheinmetall apresenta seu novo canhão de 130 mm

Ontem, dia 31 de julho de 2020, a Rheinmetall Group apresentou um vídeo mostrando seu novo armamento, o canhão de 130 mm Waffenanlage L51, equipando um MBT Challenger 2 demonstrador.

Esse novo canhão, que foi apresentado pela primeira vez, de forma estática, na feira militar francesa Eurosatory, em 2016, e é um dos candidatos a equipar o futuro MBT do programa franco-alemão MGCS (Main Ground Combat System), que visa a substituição dos Leclerc e Leopard 2, além de ser a nova geração de carros de combate da Europa.

O outro candidato é o canhão de 140 mm da francesa Nexter, cujos testes anunciados, feitos em um MBT Leclerc ‘Terminateur‘ no início de 2019, apresentaram resultados promissores e, de acordo com notas publicadas, teve um aumento da energia cinética no impacto da munição APFSDS da ordem de 70%, quando comparado ao de 120 mm L/44.

O demonstrador Leclerc ‘Terminateur’, equipado com o novo canhão Nexter de 140 mm, foi apresentado em 2017

A Rheinmetall ainda não divulgou a performance de sua nova arma, mas o mundo aguarda quem será o sucessor do 120 mm.

Artigos Relacionados

Formulação Conceitual dos Meios Blindados do Exército Brasileiro ESTADO-MAIOR DO EXÉRCITO-PORTARIA Nº 162-EME, DE 12 DE JUNHO DE 2019 Documento...

Pela primeira vez no Brasil, foi realizado o reabastecimento em voo (REVO) por helicóptero, foi a chamada Operação MANGA. Na...

O Grupo EDGE, estatal de tecnologia os Emirados Árabes, anunciou que formalizou uma “joint venture” (JV) com a empresa espanhola...

O Exército Brasileiro (EB), por meio da Chefia de Material do Comando Logístico (CMat/CoLog), publicou hoje, dia 04 de março,...

Durante a HAI Heli Expo 2024, que aconteceu no final de fevereiro, nos Estados Unidos, a Safran Electronics & Defense...

Um valor em torno de U$ 400 milhões, resultante de acordo entre o grupo britânico e o Exército da Dinamarca...

Comentários

5 respostas

  1. Interessante a proposta da Rheinmetall, agora é aguardar os números para ver a performance.

  2. Sei que o assunto é o canhão, mas achei interessante os optrônicos da torre, tem um para o sistema de tiro principal, um para o comandante em uma torre giratória, e mais um em outra torre giratória ao lado do visor principal. Para que será que serve ?

  3. Le canon de 140 mm Fr, est pour contrer le blindage du dernier char russe. Pour faire plaisir au Allemand et sa firme privé, il sera adopté un canon de 130 MM.. Les Français ne représenteront que trente pour-cent du projet, pour les ventes Fr devront être faits avec l’avale de l’Allemagne. Si l’Allemagne donne du lest pour le char KNDS à la France, alors ça sera en prévision d’une autre coopération d’un futur avions de chasse. Comme les Allemands sont de très grand retardataire en gestion d’armement, nous ne serons pas au bout de nos peines. De plus, ils viennent de recycler et moderniser l’ancien léopard. Avec Macron et si les socialo-communistes reviennent au pouvoir alors là, l’armée va pouvoir attendre 2050 pour toucher son premier char, en grande pompe comme d’ab…

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Disponível

DISPONÍVEL