REMAX é destaque na Arandu

A Ares Aeroespacial e Defesa participou  da uma importante operação coordenada pelos Exércitos brasileiro e argentino. Foi o exercício combinado Arandu, que reuniu mais de 600 militares dos dois países no Campo de Instrução General Ávalos, em Monte Caseros, na Argentina.

A operação contou com o emprego de aeronaves e veículos blindados, em atividades como lançamentos de tropa paraquedista, deslocamento de viaturas, ataque aeromóvel e outras mobilizações. De acordo com, Leonardo Degethoff, desenvolvedor de negócios da Ares,  a empresa foi convidada para participar da operação e esteve presente com a equipe de suporte logístico integrado. “Haviam diversas viaturas Guarani com o sistema de armas REMAX; vê-las operando em solo argentino em uma Força Tarefa Blindada Combinada, nos enche de orgulho”. A Ares disponibilizou na ocasião, o STARMAX, um simulador para treinamento virtual 3D que permite capacitar os operadores do REMAX. O equipamento foi utilizado para treinar as tropas, tendo sido apresentado ao comandante do Exército Argentino, tenente-general Guillermo Olegario Pereda.

O chefe do Departamento Técnico da Direção Geral de Materiais do Exército Argentino, coronel Nestor Delgado, afirmou que a Operação Arandu foi importante para ambos os Exércitos. “Apesar das diferenças culturais, a vida e os valores do soldado são os mesmos. No entanto, novas técnicas ou procedimentos podem ser aprendidos”. Para ele o REMAX é um sistema confiável, eficiente e moderno, o que dá ao Guarani uma importante base de fogo e todas as ferramentas para vencer os alvos que o ameaçam.

“A velocidade de movimento é suficiente para mover a arma em 360 graus, os sistemas de segurança são adequados e a facilidade de implementação e conexão são excelentes”, ressaltou.

Segundo ele, a presença das viaturas Guarani com o sistema REMAX na Arandu permitiu que muitos militares de diferentes hierarquias, bem como autoridades presentes, conhecessem as características técnicas e capacidades da viatura. “O Exército Argentino acredita que é o veículo de que necessita para defender o país”. O governo de Buenos Aires pretende adquirir 156 Guarani 6×6, incluindo a transferência de tecnologia, a compensação para o aumento progressivo na fabricação de peças naquele país, o apoio logístico e o treinamento de tripulações e pessoal técnico.

Artigos Relacionados

Formulação Conceitual dos Meios Blindados do Exército Brasileiro ESTADO-MAIOR DO EXÉRCITO-PORTARIA Nº 162-EME, DE 12 DE JUNHO DE 2019 Documento...

Pela primeira vez no Brasil, foi realizado o reabastecimento em voo (REVO) por helicóptero, foi a chamada Operação MANGA. Na...

O Comando Militar do Nordeste (CMNE), nesta quinta-feira, dia 16 de maio, enviou um Hospital de Campanha (H Cmp) para...

Empresa do Grupo Embraer participa de debate sobre soluções tecnológicas que estão moldando o futuro dos grandes centros urbanos As...

Hoje, dia 16 de maio, às 18:00hs, será lançado o livro “Segurança Escolar – Prevenção multidisciplinar escolar contra-ataques ativos”, de...

Um drone do Exército Brasileiro (EB) localizou, no fim da tarde dessa terça-feira, dia 14, moradores pedindo ajuda no topo...

Comentários

2 respostas

  1. Caso A REMAX seja adquirida pela ARG sua interface será traduzida para espanhol, para facilitar a visão do cliente, ou inglês, se tornando assim universal?

    PS: em 2023 creio que um recurso de linguagem “local” seja um diferencial e não muito complexo

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

DISPONÍVEL