Rede de camuflagem URUTAU

A Diretoria de Material de Engenharia (DME), em uma parceria com a Diretoria de Fabricação (DF), desenvolveu de forma inovadora a nova rede de camuflagem URUTAU para atender à necessidade do Exército Brasileiro (EB) na capacidade operativa Proteção Física.

Importante material de emprego militar (MEM), Classe VI, para atingir a capacidade operativa citada, a nova rede de camuflagem URUTAU apresenta uma série de novas características, destacando-se a inovação tecnológica da redução da assinatura térmica (nos testes realizados a diferença térmica fica entre 10 e 12º C).

O referido MEM foi apresentado ao Comando de Artilharia do Exército (Cmdo Art Ex) no dia 7 de junho de 2023, por ocasião da comemoração do dia da Arma de Artilharia, no Forte Santa Bárbara. O Cmdo Art Ex demonstrou interesse na aquisição das novas redes para mobiliar suas baterias de mísseis e foguetes, e com isso, agregar mais poder de combate ao Sistema ASTROS.

Durante a visita ao Centro de Instrução de Engenharia no 2º Batalhão Ferroviário (CI Eng/2° B Fv), no dia 27 de junho de 2023, o general de Exército Estevam Cals Theophilo Gaspar de Oliveira, comandante de Operações Terrestres (COTER), acompanhado do general de Exército Anisio David de Olivira Junior, chefe do Departamento de Engenharia e Construção (DEC) verificaram a eficiência da redução térmica da rede de camuflagem URUTAU.

As redes são produzidas pelo Arsenal de Guerra de São Paulo (AGSP) em três tamanhos padrão: M1 (4,6×4,6 m), M2 (13,7×9,2 m) e M3 (18,4×13,7 m), demonstrando assim, a capacidade fabril, o desenvolvimento e a inovação do EB.

 

Fonte: Diretoria de Material de Engenharia

Artigos Relacionados

Formulação Conceitual dos Meios Blindados do Exército Brasileiro ESTADO-MAIOR DO EXÉRCITO-PORTARIA Nº 162-EME, DE 12 DE JUNHO DE 2019 Documento...

Pela primeira vez no Brasil, foi realizado o reabastecimento em voo (REVO) por helicóptero, foi a chamada Operação MANGA. Na...

No dia 08 de maio de 2024 acontecerá Helipark, em Carapicuíba, na Região Metropolitana de São Paulo (SP), a Conferência de Aviação Policial –...

Os anos pioneiros da era do jato na Aviação de Caça da Força Aérea Brasileira foram marcados pela operação de...

A Comissão do Exército Brasileiro em Washington (CEBW) publicou, na última sexta-feira, dia 19 de abril, um pedido de cotação...

O crescimento da Base Industrial de Defesa e Segurança Pública (BIDS) torna esse setor ainda mais estratégico e relevante para...

Comentários

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

DISPONÍVEL