Radar SABER M60 versão 2.0

No período de 18 a 29 de setembro, Escritório de Projetos do Exército (EPEx) enviou uma comissão, coordenada pela Chefia de Material (Ch Mat), para realizar o teste de aceitação de fábrica dos novos radares SABER M60 da versão 2.0, em Campinas (SP). Na ocasião, duas unidades foram submetidas a testes técnicos, com a finalidade assegurar a qualidade de atendimento aos requisitos estabelecidos pelo Exército.

A comissão de recebimento contou com militares do Comando Logístico (COLOG), Centro Tecnológico do Exército (CTEx), 2º Batalhão de Suprimento (2º B Sup), Batalhão de Manutenção e Suprimento de Artilharia Antiaérea (B Mnt Sup AAe) e da Escola de Artilharia de Costa e Antiaérea (EsACosAAe).

O radar SABER M60 2.0 vem sendo adquirido pelo Programa Estratégico do Defesa Antiaérea (Prg EE DAAe) a fim de equipar as seções antiaéreas de grupos e baterias de Artilharia antiaérea do Exército Brasileiro.

Fonte: Escritório de Projetos do Exército

Artigos Relacionados

Formulação Conceitual dos Meios Blindados do Exército Brasileiro ESTADO-MAIOR DO EXÉRCITO-PORTARIA Nº 162-EME, DE 12 DE JUNHO DE 2019 Documento...

Pela primeira vez no Brasil, foi realizado o reabastecimento em voo (REVO) por helicóptero, foi a chamada Operação MANGA. Na...

Com o objetivo de desenvolver sistemas de alta tecnologia de propulsão e de  aeronaves não tripuladas, está sendo anunciada a...

De todas as novidades da FIDAE 2024, definitivamente a que mais surpreendeu o público não foi a vinda do caça...

A atuação dos drones na guerra entre a Rússia e a Ucrânia mudou os conceitos e doutrinas do atual cenário...

Durante a FIDAE 2024, a Boeing apresentou uma atualização do programa do avião de patrulha marítima P-8 Poseidon e os...

Comentários

9 respostas

  1. Atualização e modernização dos sistemas e sensores, aumentando o número de alvos processados simultaneamente.

    1. Bastos.

      Essa atualização é possível para as unidades já fabricadas da versão 1.0?

    2. Bastos.

      Outra pergunta.

      Para detecção a baixa altura contra alvos de pequeno porte (Drones), você acha que o antigo EDT FILA poderia ser eficaz, reativando uma versão melhorada como diretora de tiro?

  2. Além das perguntas acima, este radar pode ser utilizado em contra bateria, visto sua facilidade em acompanhar artilharia no front.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

EM BREVE