POR QUE A USAF ESTÁ DESISTINDO DO SUPER TUCANO E DO AT-6 PARA ATAQUE LEVE ?

Artigos Relacionados

Formulação Conceitual dos Meios Blindados do Exército Brasileiro ESTADO-MAIOR DO EXÉRCITO-PORTARIA Nº 162-EME, DE 12 DE JUNHO DE 2019 Documento...

Pela primeira vez no Brasil, foi realizado o reabastecimento em voo (REVO) por helicóptero, foi a chamada Operação MANGA. Na...

Começou no ultimo domingo, dia 14 de abril, a Operação “Jeanne d’Arc 2024”, exercício realizado pela Marinha do Brasil (MB)...

Santiago Rivas (*) Na manhã de hoje, 16 de abril, foi finalmente assinado o contrato de aquisição das 24 aeronaves...

O Estado-Maior do Exército, por meio da portaria 1.294-EME/C Ex, de 03 de abril de 2024, aprovou a diretriz de...

Com o objetivo de desenvolver sistemas de alta tecnologia de propulsão e de  aeronaves não tripuladas, está sendo anunciada a...

Comentários

Uma resposta

  1. Concordo em parte com as colocações do comandante!
    A utilização de aeronaves de ataque leve é vislumbrada pela USAF como útil em um TO de baixa intensidade e de controle aéreo garantido em pelo menos 85/90% do tempo.
    Ações anti-insurgentes, anti-terroristas e de conflito assimétrico que necessitem de apoio aéreo ligeiro e preciso, estão a cada dia mais sendo supridas pelos VANTs/DRONES e GUNSHIPS (helicópteros armados e plataformas aéreas de vigilância e ataque como o AC-130 Spectre), isto quando podem utilizar “campos amigos” nas imediações do local da ação.
    Mas aeronaves ligeiras de ataque serão sempre utilizadas quando a utilização de outros meios coloquem em risco segredos tecnológicos e/ou políticos.
    O barateamento de componentes eletrônicos e de Inteligência artificial (A.I), estão mudando o quadro do campo de batalha em todos os níveis.
    Exemplo: A recente neutralização do comandante militar iraniano no Iraque com o uso de VANT e mísseis anti-carro!
    O alvo justificava o emprego destes meios!
    Alvos menos importantes e a projeção ostensiva de força são melhor atendidos “mostrando” as cores das asas!!

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

DISPONÍVEL