Peacekeepers brasileiras – A participação de mulheres em missões de paz

Peacekeepers brasileiras: destaques do Brasil na implementação da agenda sobre mulheres, paz e segurança” é o tema do seminário organizado pelo Comando de Operações Terrestres (COTER) e a Rede Brasileira de Operações de Paz do Brasil (REBRAPAZ).

Este evento será realizado no Quartel-General do Exército, em Brasília, no dia 21 de março e contará com dois painéis com mulheres militares que já atuaram em missão de paz e será transmitido, ao vivo, no canal do YouTube REBRAPAZ.

O seminário contará com a presença de autoridades do Poder Legislativo, Judiciário, Ministério da Defesa e Ministério das Relações Exteriores, além de membros das Forças Armadas, das polícias estaduais, de missões diplomáticas e de organismos internacionais, professores, pesquisadores e público interessado na atuação do Brasil em operações de paz.

Com o tema mulher e missão de paz, o seminário confirma a importância dada pelo Exército Brasileiro à agenda da ONU: Mulheres, Paz e Segurança. Os painéis vão abordar as novas modalidades de preparo de peacekeepers, as equipes de engajamento, as forças de reação rápida e as experiências brasileiras em operações de paz.

Atualmente, o Exército conta com dez mulheres em missões de paz individuais, distribuídas no Saara Ocidental, no Sudão do Sul e na República Centro Africana. O emprego dessas militares em missões de paz está alinhado à agenda da ONU de Mulheres, Paz e Segurança, com o aumento gradual do efetivo feminino por parte dos países participantes no envio de militares. Para tanto, a Instituição tem investido na capacitação das mulheres militares voluntárias para missões de paz, por meio de estágios desenvolvidos no Centro Conjunto de Operações de Paz do Brasil (CCOPAB).

 

RECONHECIMENTO INTERNACIONAL

Militar do Exército Brasileiro concorre a prêmio das Nações Unidas no quesito Igualdade de Gênero.

No mês da mulher, o Exército Brasileiro divulgou nas suas mídias digitais a indicação de uma de suas integrantes a um importante prêmio da Organização das Nações Unidas (ONU). A tenente-coronel Renata de Castro Monteiro Netto (*), desdobrada em missão de paz no Sudão do Sul, foi indicada ao prêmio de Defensora Militar da Igualdade de Gênero das Nações Unidas 2023 (The United Nations Military Gender Advocate of the Year Award). É a primeira vez que uma militar do Exército Brasileiro concorre ao prêmio nessa categoria, um reconhecimento da dedicação e do esforço de soldados em missões de paz pelo mundo, sob a égide da ONU.

Em 2022, a militar foi selecionada para integrar a Missão das Nações Unidas no Sudão do Sul (UNMISS), iniciando os trabalhos no país em fevereiro de 2023 como observadora militar. A função da TC Renata Monteiro é observar, monitorar e reportar qualquer tipo de violação dos direitos humanos testemunhadas durante patrulhas aéreas, ribeirinhas e motorizadas, em áreas de conflito, previamente estipuladas pela ONU. Desempenha sua função desarmada, liderando as patrulhas como símbolo de boa-fé e confiança. Leva o capacete azul como símbolo da presença da Organização em áreas de cessar-fogo.

Inicialmente, a militar foi desdobrada em Malakal, cidade ao norte do Sudão do Sul, próxima à fronteira com o Sudão, país do qual se separou em 2011. Foi na região que a oficial desempenhou importante papel que a impulsionou à indicação ao prêmio. Nos meses de maio e junho de 2023, durante uma onda de violência e instabilidade, no Campo de Proteção de Civis, mantido pela ONU, ela se destacou na participação da evacuação e resgate de 70 crianças e 30 mulheres vulneráveis, a fim de evitar que direitos humanos fossem violados em área de conflito.

O PRÊMIO

A indicação é feita pelo representante especial do secretário-geral da ONU e pelo comandante da Força Militar. Concorrem todos os militares que tenham se destacado no ano de 2023, com atuações voltadas para a equidade e paridade de gênero. Cada Missão de paz escolhe o seu representante militar. Uma comissão avalia a biografia e atuações realizadas para a decisão final. O resultado deve ser divulgado no fim do mês de maio em Nova Iorque, na sede das Nações Unidas, no período de comemorações do Dia do Peeacekeeper (Soldado da Paz), dia 29 de maio.

(*) A tenente-coronel Renata Monteiro estará presente no Seminário.

 

INFORMAÇÕES DO EVENTO

  • Data: 21/03/2024, das 14h às 17h30;
  • Credenciamento: 13h30;
  • Local: Auditório Marcelo Rufino, Quartel-General do Exército, SMU, Brasília (DF);
  • Transmissão ao vivo do evento: youtube.com/rebrapaz

 Confirmar presença em [email protected]

 

Fonte: Agência Verde Oliva / CComSEx

Artigos Relacionados

Formulação Conceitual dos Meios Blindados do Exército Brasileiro ESTADO-MAIOR DO EXÉRCITO-PORTARIA Nº 162-EME, DE 12 DE JUNHO DE 2019 Documento...

Pela primeira vez no Brasil, foi realizado o reabastecimento em voo (REVO) por helicóptero, foi a chamada Operação MANGA. Na...

Com o objetivo de desenvolver sistemas de alta tecnologia de propulsão e de  aeronaves não tripuladas, está sendo anunciada a...

De todas as novidades da FIDAE 2024, definitivamente a que mais surpreendeu o público não foi a vinda do caça...

A atuação dos drones na guerra entre a Rússia e a Ucrânia mudou os conceitos e doutrinas do atual cenário...

Durante a FIDAE 2024, a Boeing apresentou uma atualização do programa do avião de patrulha marítima P-8 Poseidon e os...

Comentários

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

EM BREVE