Patria AMV XP é selecionado pelo Japão

O Ministério da Defesa do Japão anunciou hoje, dia 09 de dezembro, que o Patria AMV XP 8X8 foi selecionado para a Força Terrestre de Autodefesa do Japão (JGSDF) como seu próximo veículo de transporte de pessoal blindado (“Wheeled Armored Personnel Carrier” – WAPC) sobre rodas.

A seleção inclui a licença de fabricação dos veículos no Japão, com uma sólida contribuição para a economia local e o desenvolvimento tecnológico garantindo o fornecimento e serviço no Japão. Os veículos Patria AMV XP substituirão as viaturas Tipo 96 8X8 que estão atualmente em serviço pela JGSDF.

“A seleção do Patria AMV XP 8X8 e nosso modelo de licenciamento comprovado é uma grande prova da capacidade do Patria de fornecer a tecnologia mais recente e permitir a segurança local do fornecimento. O AMV XP provou com sucesso seu desempenho superior, bem como sua mobilidade e proteção, em várias missões de gerenciamento de crises, e o Japão será o nono país usuário da família de veículos AMV da Patria, que tem experiência na indústria de licenciamento e cooperação com indústrias locais em muitos países, e estamos comprometidos com isso também no Japão. A Força Terrestre de Autodefesa do Japão receberá veículos AMV XP, de última geração e alto desempenho, fabricados no Japão para apoiar operações críticas nas próximas décadas”, diz Janne Räkköläinen, vice-presidente sênior da área de mercado mundial da Patria.

A Patria trabalha para o programa WAPC desde 2018 e também estabeleceu uma subsidiária local, a Patria Japan Ltd., para apoiar suas atividades no Japão, sendo a próxima etapa do programa são as negociações de licença, que começarão imediatamente. A empresa tem uma herança muito forte de prestação de serviços e sistemas de alta tecnologia, envolvendo-se com sucesso com as indústrias locais e fornecendo a segurança local de abastecimento, e vê a seleção do Patria AMV XP como uma grande oportunidade para desenvolver ainda mais a cooperação no Japão com novos serviços e soluções, bem como para estabelecer parcerias estratégicas de longo prazo com o Japão e suas indústrias.

Fonte: Patria Group

Artigos Relacionados

Formulação Conceitual dos Meios Blindados do Exército Brasileiro ESTADO-MAIOR DO EXÉRCITO-PORTARIA Nº 162-EME, DE 12 DE JUNHO DE 2019 Documento...

Pela primeira vez no Brasil, foi realizado o reabastecimento em voo (REVO) por helicóptero, foi a chamada Operação MANGA. Na...

A Comissão do Exército Brasileiro em Washington (CEBW) publicou, na última sexta-feira, dia 19 de abril, um pedido de cotação...

O crescimento da Base Industrial de Defesa e Segurança Pública (BIDS) torna esse setor ainda mais estratégico e relevante para...

Em comemoração a semana do Exército, o Comando Militar do Sudeste (CMSE) está organizando uma série de eventos na Capital Paulista,...

O Ministério da Defesa (MinDef), por meio da Secretaria de Produtos de Defesa (SeProD), acompanhou, entre os dias 15 a...

Comentários

4 respostas

  1. O surpreendente é que o Japão tem um longo e avançado fanboylismo com veículos sobre rodas e tem uma indústria veterana nessa área mas mesmo assim eles preferiram comprar um aparelho estrangeiro…

    Estranho…

    1. Não há nada de estranho…

      Conta pra eles é desempenho.

      Mesmo os americanos não hesitam em pegar o que lhes é de interesse. A família LAV, por exemplo, tem base em um projeto suíço… o M777 é originalmente um projeto britânico, e por aí vai…

      e depois, desenvolver veículos é algo caro… contando aí o custo-benefício de se fazer…

  2. A Mitsubishi estava desenvolvendo um veículo 8×8 com base no type 16 (caça tanque /105mm). Chegaram a publicar fotos de 2 protótipos, fora um outro veículo que se não me engano era elétrico. Parece que nenhum vingou.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

DISPONÍVEL