Os reforços para Roraima chegam a Manaus

Nesta sexta-feira, 29 de dezembro, o chegaram ao Centro de Embarcações do Comando Militar da Amazônia (CECMA) as balsas Forte do Presépio, do Exército Brasileiro (EB), e Major-Brigadeiro Rolla, da Força Aérea Brasileira (FAB), transportando aproximada de 50 toneladas de materiais em equipamentos militares com 33 viaturas, sendo 16 viaturas blindadas multitarefa (VBMT) 4X4 Guaicurus equipadas com sistemas de armas remotamente controlados (SARC) REMAX e torres manuais Platt MR550 Bi-Metal e módulos de comando e Controle (C2).

Essa é mais uma etapa da “Operação Roraima”, um esforço coordenado que visa fortalecer a prontidão operacional e logística da Força de Prontidão do Comando Militar da Amazônia (CMA) à 1ª Brigada de Infantaria de Selva (1ª Bda Inf Sl). A presença significativa dos Módulos de Comando e Controle destaca a importância de coordenar efetivamente as operações no desafiador ambiente da Amazônia.

A considerável distância percorrida nessa missão (cerca de 1.600 quilômetros, partindo de Belém-PA) sublinha não apenas a complexidade logística, mas também a determinação do EB em manter a presença robusta e eficiente na região amazônica.

Os materiais foram recebidos pelo general de divisão Flávio Alvarenga Filho, comandante da 12ª Região Militar (12º RM); general de brigada Carlos Alberto Rodrigues Pimentel, chefe do Centro de Coordenação de Operações (CCOp) do CMA; e tenente-coronel Charles Davidson Soares Bitencourt, comandante do CECMA.

Com informações e imagens do  Comando Militar da Amazônia

Artigos Relacionados

Formulação Conceitual dos Meios Blindados do Exército Brasileiro ESTADO-MAIOR DO EXÉRCITO-PORTARIA Nº 162-EME, DE 12 DE JUNHO DE 2019 Documento...

Pela primeira vez no Brasil, foi realizado o reabastecimento em voo (REVO) por helicóptero, foi a chamada Operação MANGA. Na...

O Grupo EDGE, estatal de tecnologia os Emirados Árabes, anunciou que formalizou uma “joint venture” (JV) com a empresa espanhola...

O Exército Brasileiro (EB), por meio da Chefia de Material do Comando Logístico (CMat/CoLog), publicou hoje, dia 04 de março,...

Durante a HAI Heli Expo 2024, que aconteceu no final de fevereiro, nos Estados Unidos, a Safran Electronics & Defense...

Um valor em torno de U$ 400 milhões, resultante de acordo entre o grupo britânico e o Exército da Dinamarca...

Comentários

6 respostas

  1. Brasil mostrar sua cara as fronteiras do Brasil não pode ficar sem armamentos pesado

    1. Depende muito do ambiente em que se luta. Armamento pesado em Selva não serve pra muita coisa não.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Disponível

DISPONÍVEL