Operação Saci 2021 – A Brigada Pára-quedista em ação

2
1225

Entre os dias 9 e 15 de outubro, ocorreu a edição 2021 da Operação Saci, empregando a Força de Emprego Estratégico do Exército Brasileiro (EB) e tendo como teatro de operações as cidades de Arraial do Cabo , Búzios, Cabo Frio e São Pedro da Aldeia, no Estado do Rio de Janeiro.

O Exercício de Adestramento Avançado representa o ápice do adestramento anual da Brigada de Infantaria Pára-quedista (Bda Inf Pqdt), e contou com o apoio da Marinha do Brasil e da Força Aérea Brasileira, com a participação de aproximadamente dois mil militares e o emprego de aeronaves KC-390 Millennium, C-130M Hercules, do C-105 Amazonas e C-95CM Bandeirante.

O aprestamento da tropa teve início com a concentração de meios na Base Aérea do Campo dos Afonsos, a partir da qual foram lançadas equipes de precursores paraquedistas, infiltradas por meio de salto livre operacional de grande altitude, dentre as principais atividades, destaca-se a realização de pouso de assalto para conquista de aeródromo e o lançamento de uma força tarefa (FT Biguá) em massa d’água na lagoa de Araruama. Por fim, a Bda Inf Pqdt, realizou a junção com a 1ª Divisão de Exército, que conduziu a substituição em posição.

Artilharia de campanha

O apoio de fogo à brigada foi fornecido pelo 8º Grupo de Artilharia de Campanha Pára-quedista (8º GAC Pqdt), permitindo a conquista dos objetivos impostos pela Força-Tarefa Componente, materializados por intermédio das estruturas estratégicas presentes na área de operações distribuída à brigada.

Com informações e imagens da Comunicação Social da Bda Inf Pqd e do 8º GAC Pqdt

2 Comentários

  1. Em relação às forças terrestres, o Brasil infelizmente está com poucos recursos para investir pesado nas nossas forças armadas, o único jeito é manter modernizados os tanques blindados Leopard 1a5, e o blindado Cascavel 6×6, para que ambos permaneçam em operação, pelo menos até 2050.

    Ao todo o EB possui 400 blindados Cascavel 6×6, e 216 tanques blindados Leopard 1a5. É interessante mantê-los modernizados para perdurarem em operação por um bom período até 2050.

    A realidade é triste, mas infelizmente não temos condições de efetuar a compra de novos blindados, mas pelo menos temos recursos para manter os blindados modernizados os que já temos.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here