Operação Roraima – Exército desloca blindados para Pacaraima

O 1º Batalhão Logístico de Selva (1º B Log Sl), “Batalhão Capitão Phellipe Sturm”, realizou o transporte de viaturas blindadas para a fronteira no extremo norte do país, no contexto da Operação Roraima. Esta ação, em apoio ao 18º Regimento de Cavalaria Mecanizado (18º RC Mec), faz parte da estratégia de presença, dissuasão e resistência para a manutenção da soberania brasileira.

As viaturas blindadas multitarefa – leve sobre rodas (VBMT-LSR) 4X4 Guaicurus, equipadas com torres manuais Platt e SARC REMAX 3, foram transportadas para reforçar o poder de combate do 3º Pelotão Especial de Fronteira (3º PEF), localizado no município de Pacaraima (RR).

Fonte: Comando Militar da Amazônia

Artigos Relacionados

Formulação Conceitual dos Meios Blindados do Exército Brasileiro ESTADO-MAIOR DO EXÉRCITO-PORTARIA Nº 162-EME, DE 12 DE JUNHO DE 2019 Documento...

Pela primeira vez no Brasil, foi realizado o reabastecimento em voo (REVO) por helicóptero, foi a chamada Operação MANGA. Na...

A Condor Tecnologias Não Letais anunciou detalhes dos integrantes do Conselho de Administração, após a recente aquisição de uma participação...

Acordo entre França, Bélgica, Chipre, Estônia e Hungria, assinado em 19 de junho, celebra a cooperação estratégica para a aquisição...

A KATIM, uma empresa do Grupo, e a Thales começarão a discutir o co-desenvolvimento de tecnologias de rádio definido por...

Durante a Eurosatory 2024, que esta ocorrendo no Centro de exposições Paris-Nord Villepinte, localizado nos arredores de Paris, a empresa...

Comentários

16 respostas

  1. fecha a porta porque maduro já está batendo nela! E mande mais mísseis ant-carro pra lá também. E quem sabe já começar a fazer patrulha de combate na região com os A-29 só pro radares deles ver que tem gente rodando por lá!

    1. Venezuela e seus sistemas antiaéreos: Pantysir, BUK-M2, S-300… A29 tucano, F5, são alvos muito vulneráveis r”fáceis” para serem neutralizados, e os misseis e equipamentos aéreos podem “facilmente” isolar o estado de Roraima. Os sistemas Astros já eram pra estar no estado.

  2. É bem verdade sim que o Maduro só vai aguardar o assar às eleições lá, ou melhorar esperar a confirmação dele ser reeleito, e assim atacar a invasão da Guiana.
    O Brasil que fique esperto. pois as atenções das forças armadas do Brasil estão voltadas para as enchentes no RS.

  3. Não entendi o por quê do transporte por carretas, os veículos foram comprados devido a própria mobilidade!!! O que houve com a doutrina do EB, qual o motivo da redundância no transporte?

    1. Custo com manutenção das Vtr que não precisam rodar desnecessariamente, gastos de pneus que são mais direcionados a terrenos irregulares do que asfalto, a quantidade de militares necessária para ir dirigindo uma todas, gasto com alimentação no transporte de mais militares, maior risco de acidente com o aumento de viaturas se deslocando, etc etc..
      A vtr é planejada para mobilidade em combate, não tem necessidade de fazer ela rodar por estradas só pra mostrar que tem mobilidade

      1. Essa conta não fecha, são 22 pneus da carreta contra 8 dos “Jeepoes” e o consumo de combustível da carreta também é muito maior!!! A equipe de 8 a10 militares das duas viaturas vão precisar de mais um transporte adicional!!! Faça as contas…

        1. Não esta contando com o desgaste dos equipamentos, são viaturas especializadas, diferentes dos Marruás. Com orçamento limitado, quanto mais conseguir preservar, melhor.

        2. Pneu de carreta é para asfalto feito exatamente para isso. Já do LMV e Blindados não. As equipes das viaturas já estão lá em Pacaraima, atuam em sistema de rodízio e não são do mesmo local de origem das viaturas. São custos distintos. Acho que você também tem que fazer as suas contas.
          Sair criticando sem entender o todo é fácil.

    2. se for os blindados é pelo custo operacional, é infinitamente mais barato transportar os blindados na prancha do que ir até o local da operação individualmente, fora que o tempo será menor e a situação dos motoristas das vtr bld.

  4. o maduro vai proporcionar a nossos ótimos e muito bem treinados e preparados soldados mostrar um pouquinho do que sabem e tem.e não vai precisar mostrar mais do que um pouquinho.

  5. tá faltando revestimento as forças brasileira O que ocorre é que se ilude com a sucata os americanos manda para cá e não desenvolve a indústria nacional tem que investir muito tira do super salário dos deputados senadores judiciário investir nas Forças

  6. “Receio que tenhamos acordado um gigante adormecido” disse o almirante Yamamoto após o ataque japonês a Pearl Harbor.
    Não acredito que Maduro queira repetir o erro dos japoneses. É melhor deixar o Brasil quieto.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

DISPONÍVEL