Operação JACUIXITO – Presença na área com mais povos isolados do mundo

A 16ª Brigada de Infantaria de Selva (16ª Bda Inf Sl), subordinada ao Comando Militar da Amazônia (CMA), iniciou uma operação com participação de agências federais e estaduais na região do Vale do Javari. Com a extensão de um país como Portugal, o local da ação corresponde à segunda maior terra Indígena do Brasil e reúne a maior concentração de povos isolados do mundo.

Chamada de Operação JACUIXITO (acrônimo dos rios Javari, Curuçá, Ituí, Itaquaí e Quixito), a iniciativa foi deflagrada com uma reunião com representantes da Fundação Nacional dos Povos Indígenas (FUNAI), Polícia Federal, autoridades locais, membros da comunidade e profissionais de segurança, incluindo engenheiros, biólogos e antropólogos. Segundo o general de brigada Ricardo Moussalem, comandante da 16ª Bda Inf Sl, o objetivo da reunião foi informar os participantes acerca de detalhes da operação e reunir sugestões.

Durante a operação, serão realizados patrulhamento fluvial, patrulhamento da BR-307, controle de pontos críticos, ações cívico-sociais, além de transporte aéreo logístico. De acordo com o major Cunha, oficial de operações da 16ª Bda Inf Sl, os militares engajados na operação cumpriram um período de quarentena em atendimento ao protocolo sanitário da Secretaria Especial de Saúde Indígena (Sesai). “Após a quarentena, iniciamos os deslocamentos no dia 11 de março. Ao iniciarem as atividades, os militares serão submetidos à testagem e avaliação médica”, reforçou o major. As ações ocorrem no contexto da Operação Ágata.

O inicio da operação

As tropas do iniciaram na manhã desta segunda-feira (27/03) as ações previstas no desencadeamento da operação e o general Ricardo Moussallem se deslocou do Centro de Coordenação de Operação (COP), no 8º Batalhão de Infantaria de Selva (8º BIS), em Tabatinga (AM), para o Posto de Comando Tático (PC-Tático), da tropa do 17º Batalhão de Infantaria de Selva (17º BIS), no rio Jandiatuba, próximo da comunidade Boa Esperança do Jandiatuba, no município de São Paulo de Olivença (AM), para reforçar as orientações a tropa que estará na ponta da frente da operação.

“O objetivo da operação é presença, é reconhecer a área que previmos diante dessa atividade. Essa presença precisa ser vista pela população ribeirinha. A prioridade é o cuidado com as abordagens, realizadas conforme o adestramento em Tefé sem esquecer a segurança da tropa”, ressaltou o general.

Além das tropas militares, fiscais do Instituto Brasileiro do Meio Ambiente e dos Recursos Naturais Renováveis (IBAMA) e o coordenador geral de monitoramento territorial da FUNAI participam do patrulhamento.

Vale do Javari 

O Vale do Rio Javari é uma região de grande importância para a biodiversidade da Amazônia e abriga diversas comunidades tradicionais. A presença do Exército Brasileiro nessa região da fronteira tem o objetivo de coibir ilícitos transfronteiriços e ambientais, assim como prestar auxílio às comunidades do Vale do Javari por meio de ações cívico-sociais, conciliando a preservação do meio ambiente e a operacionalidade das tropas do CMA.

Fonte: Centro de Comunicação Social do Exército e Comando Militar da Amazônia

Artigos Relacionados

Formulação Conceitual dos Meios Blindados do Exército Brasileiro ESTADO-MAIOR DO EXÉRCITO-PORTARIA Nº 162-EME, DE 12 DE JUNHO DE 2019 Documento...

Pela primeira vez no Brasil, foi realizado o reabastecimento em voo (REVO) por helicóptero, foi a chamada Operação MANGA. Na...

Empresas brasileiras destacam inovações e capacidades no cenário internacional A Associação Brasileira das Indústrias de Materiais de Defesa e Segurança...

Para celebrar os feitos dos mais de 25 mil homens e mulheres brasileiros que lutaram na 2ª Guerra Mundial, o...

Desde 1º de janeiro de 2023, o dr. Artur José Dian ocupa o cargo de Delegado-Geral da Polícia Civil do...

Em um surpreendente anuncio ocorrido hoje, dia 11 de junho, a empresa franco-germânica KNDS informou que encerrou as negociações de...

Comentários

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

DISPONÍVEL