Marinha recebe seus “drones” ScanEagle

0
13847
O Scan Eagle navalizado inclui um lançador Mark 4 compacto para operações marítimas, uma estação de trabalho de controle único do operador/piloto e o sistema de recuperação independente de pista SkyHook.

O Setor do Material entregou, nos dias 23 e 25 de março, o material que compõe o Sistema de Aeronaves Remotamente Pilotadas Embarcado (SARP-E) ScanEagle ao Setor Operativo. O sistema é o primeiro SARP-E da Marinha e está sendo recebido pelo Núcleo de Implantação do 1º Esquadrão de Aeronaves Remotamente Pilotadas (NI-EsqdQE-1).

Primeiro lote do material recebido no Hangar do futuro Esquadrão de Aeronaves Remotamente Pilotadas (Foto: MB)

A complexa operação de transporte de mais de 25 toneladas de equipamentos e materiais empregou o modal aéreo no translado dos Estados Unidos da América para o Brasil, e o modal rodoviário entre o Rio de Janeiro e a Base Aérea Naval de São Pedro da Aldeia (BAeNSPA), tendo sido utilizadas nove carretas.

Carretas de Transporte do Material aguarda o desembarque na BAeNSPA (Foto: MB)

O recebimento do SARP-E ScanEagle é uma conquista para a Marinha ao introduzir uma nova forma de operação de seus meios aeronavais. Em particular, o ScanEagle ampliará a capacidade operacional da Força em missões de inteligência, vigilância e reconhecimento.

Fonte: Marinha do Brasil

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here