Link-BR2 avança no desenvolvimento e integração

A Força Aérea Brasileira (FAB) e a AEL Sistemas, empresa responsável pelo desenvolvimento do Projeto Link-BR2, reuniram-se entre os dias 30/11 e 02/12 na sede da Empresa e na Base Aérea de Canoas (BACO), no Rio Grande do Sul (RS), para realizar importantes marcos do Projeto.  Participaram do evento representantes do Departamento de Controle do Espaço Aéreo (DECEA), da Comissão Coordenadora do Programa Aeronave de Combate (COPAC) e do Centro de Inteligência da Aeronáutica (CIAER).

Durante os encontros, representantes da FAB tiveram a oportunidade de evidenciar o desenvolvimento, a integração e a efetiva entrega de subsistemas do segmento de solo do Projeto Link-BR2, que permitem o estabelecimento deste enlace de dados entre as redes aéreas e terrestres: a Estação Data Link de Comunicação (EDL COM) e a Estação Data Link de Comando e Controle (EDL C2).

A EDL COM tem por finalidade estabelecer a comunicação segura entre a rede de solo e a rede aérea. Projetada para uso operacional em campo e composta por rádios, computadores e antenas, ela apresenta características como robustez, dimensões reduzidas, mobilidade e gerenciamento remoto.

Já a EDL C2 tem por finalidade gerenciar, no nível de comando e controle, todas as ações operacionais das aeronaves participantes da rede aérea do Link-BR2. Nela são concentradas informações transmitidas pelos sensores das plataformas aéreas e também pela síntese dos radares de solo, proporcionando uma consciência ampliada e em tempo real.

Com a integração das estações ao segmento aéreo do Link-BR2, a FAB ingressará em um novo ciclo operacional no que tange às comunicações, no qual as informações, vitais para a superioridade no campo de batalha, estarão disponíveis, simultaneamente, nos segmentos aéreos e terrestres da Força Aérea.

Campanha de Ensaios em voo

No período de 29/11 a 10/12, foram executados diversos voos da segunda fase da campanha de ensaios do ano de 2021, denominada Operação IRIS. Durante a campanha, foram testadas uma gama de aplicações do Data Link, tais como a comunicação por voz, o compartilhamento de dados por meio do Link-BR2, além do seu alcance efetivo. A campanha contou com voos cooperativos entre duas aeronaves F-5M e uma estação de comando e controle, integradas ao Sistema.

Fonte: COPAC e AEL Sistemas
Fotos: sargento Jessica / COPAC e Milena Facchini / AEL Sistemas

Artigos Relacionados

Formulação Conceitual dos Meios Blindados do Exército Brasileiro ESTADO-MAIOR DO EXÉRCITO-PORTARIA Nº 162-EME, DE 12 DE JUNHO DE 2019 Documento...

Pela primeira vez no Brasil, foi realizado o reabastecimento em voo (REVO) por helicóptero, foi a chamada Operação MANGA. Na...

No dia de hoje, 17 de abril, no Quartel General do Exército (QGEx), o general de exército Fernando José Sant’ana...

Nesta segunda-feira, dia 15 de abril, o Destacamento de Aviação do Exército no Comando Militar do Norte (Dst Av Ex/CMN)...

Começou no ultimo domingo, dia 14 de abril, a Operação “Jeanne d’Arc 2024”, exercício realizado pela Marinha do Brasil (MB)...

Santiago Rivas (*) Na manhã de hoje, 16 de abril, foi finalmente assinado o contrato de aquisição das 24 aeronaves...

Comentários

Uma resposta

  1. Excelente, e assim caminhamos a passos largos para uma evolução na capacidade essencial para operar com o Gripen E/F.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

DISPONÍVEL