Limpando o terreno

No período de setembro de 2020 a março de 2021, dentro do contexto da Operação Amazônia 2020, a turma de levantamento e destruição de engenhos falhados (TULEDEF), da Companhia de Comando do 2º Grupamento de Engenharia (Cia C/2º Gpt E), realizou a varredura da área de alvos dos tiros de morteiro e artilharia em ambiente de selva.

A TULEDEF teve por missão levantar e destruir possíveis munições não detonadas, em Manacapuru (AM), numa área de 554.456 m², dos quais aproximadamente 230.000 m² em floresta. Foram empregados na missão 40 militares, que executaram 3.120 homens-hora trabalhadas, quatro viaturas, que deslocaram cerca de 1.950 km e material de georreferenciamento, dentre outros.

O trabalho feito pelos sapadores, como são chamados os militares responsáveis pelos processos de limpeza e desminagem, nas chamadas “áreas quentes” (locais com a presença de explosivos) é extremamente perigoso, exige um alto grau de técnica e essa operação demonstra toda capacidade dos grupos de engenheiros militares do Exército no cumprimento dessas funções na Amazônia.

Com informações e imagens da Comunicação Social do CMA

Artigos Relacionados

Formulação Conceitual dos Meios Blindados do Exército Brasileiro ESTADO-MAIOR DO EXÉRCITO-PORTARIA Nº 162-EME, DE 12 DE JUNHO DE 2019 Documento...

Pela primeira vez no Brasil, foi realizado o reabastecimento em voo (REVO) por helicóptero, foi a chamada Operação MANGA. Na...

Durante a HAI Heli Expo 2024, que aconteceu no final de fevereiro, nos Estados Unidos, a Safran Electronics & Defense...

Um valor em torno de U$ 400 milhões, resultante de acordo entre o grupo britânico e o Exército da Dinamarca...

As tripulações estão prontas para operar, a bordo do novo blindado, em todos os contextos operacionais. A Escola de Cavalaria...

O grupo italiano Leonardo vem registrando importantes marcas neste início de 2024. Dentre as conquistas e acordos de cooperação recentemente...

Comentários

Uma resposta

  1. Interessante, o equipamento é a pilha, pela penultima foto?
    Hoje tem baterias/Pilhas de litio que são leves e de grande duração

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Disponível

DISPONÍVEL