Leonardo entrega primeiro TH-73A à Marinha dos EUA

Em uma cerimônia em seu campus da Filadélfia, a Leonardo entregou oficialmente o primeiro helicóptero de treinamento TH-73A para a US Navy (Marinha dos EUA), na manhã de 10 de junho. A cerimônia contou com a presença do vice-almirante Kenneth Whitesell, comandante das Forças Aéreas Navais e Comandante da Frota da Força Aérea Naval do Pacífico dos EUA, contra-Almirante Gregory Harris, diretor da Divisão de Guerra Aérea (N98), e a capitã Holly Shoger, gerente do Programa Naval de Sistemas de Treinamento de Voo de Graduação, Gian Piero Cutillo, diretor-gerente da Leonardo Helicopters, e membros de delegações locais, estaduais e federais eleitas.

A exigência total é de 130 aeronaves com entrega até 2024. O contrato inicial de preço fixo de US$ 177 milhões concedido em 2020 previa a produção e entrega de 32 helicópteros TH-73A, sobressalentes iniciais, suporte, equipamentos dedicados, além de serviços específicos de piloto e manutenção. Em novembro de 2020, o Departamento de Defesa dos EUA exerceu opções para adicionar 36 aeronaves em um contrato de preço de US$ 171 milhões.

“O evento de hoje é um marco significativo para a Leonardo, marcando nosso esforço e compromisso crescentes em nos tornarmos não apenas um fornecedor, mas um parceiro e ativo estratégico para os Estados Unidos em vários setores”, disse Alessandro Profumo, CEO da Leonardo. “Estamos orgulhosos de ser um parceiro fundamental para o futuro da defesa dos EUA.”

O TH-73A está substituindo a antiga frota de TH-57B/C Sea Rangers e servirá como a primeira aeronave de treinamento para milhares de alunos da base aeronaval Whiting Field, em Milton, Flórida, onde são treinados todos os alunos pilotos de helicópteros da Marinha, Fuzileiros Navais e da Guarda Costeira junto com várias nações aliadas da OTAN. Para apoiar esta nova frota, a Leonardo anunciou a construção de um novo centro de apoio de helicópteros de quase 10.000 m2 no Whiting Aviation Park, localizado junto à pista da base para manutenção e reparos imediatos e contínuos, com inovações esperadas para dezembro de 2021.

O TH-73A, com base na variante certificada para voos por instrumentos (“Instrument Flight Rules” – IFR) do AW119Kx, é perfeitamente adequado para voos de treinamento inicial, mas também é capaz de treinamento avançado. Com um motor Pratt & Whitney PT-6 potente e confiável, sistemas duplos de segurança e hidráulicos e aviônica digital avançada da Genesys Aerosystems, o TH-73 pode realizar todas as manobras do programa de treinamento da US Navy para uma transição perfeita das manobras básicas para o treinamento operacional avançado. O Sistema Avançado de Treinamento de Helicópteros modernizará a tecnologia de treinamento, passando do analógico para o digital, e é fabricado para atender estudantes de aviação até 2050 ou mais.

Fonte: Leonardo

Artigos Relacionados

Formulação Conceitual dos Meios Blindados do Exército Brasileiro ESTADO-MAIOR DO EXÉRCITO-PORTARIA Nº 162-EME, DE 12 DE JUNHO DE 2019 Documento...

Pela primeira vez no Brasil, foi realizado o reabastecimento em voo (REVO) por helicóptero, foi a chamada Operação MANGA. Na...

A AVIBRAS Indústria Aeroespacial S/A, que em tempos passados foi considerada uma das maiores empresas  de defesa do mundo, mas...

Empresas brasileiras destacam inovações e capacidades no cenário internacional A Associação Brasileira das Indústrias de Materiais de Defesa e Segurança...

Para celebrar os feitos dos mais de 25 mil homens e mulheres brasileiros que lutaram na 2ª Guerra Mundial, o...

Desde 1º de janeiro de 2023, o dr. Artur José Dian ocupa o cargo de Delegado-Geral da Polícia Civil do...

Comentários

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

DISPONÍVEL