Laboratório de Medidas Eletromagnéticas do CTEx alcança nível de excelência

0
1095

Entre os dias 16 e 18 de novembro, o Laboratório de Medidas Eletromagnéticas (LME) do Centro Tecnológico do Exército (CTEx) passou por uma auditoria da Coordenação Geral de Acreditação (CGCRE), único organismo de acreditação reconhecido no Brasil e vinculado ao Instituto Nacional de Metrologia, Qualidade e Tecnologia (INMETRO), visando à manutenção de sua acreditação para realizar ensaios de compatibilidade eletromagnética, conforme a norma militar internacional MIL-STD-461G.

Durante a avaliação, o auditor do CGCRE, Walderson João Rodrigues Vidal, verificou a eficácia do Sistema de Gestão do Laboratório, constatando a conformidade entre a documentação elaborada pela equipe do LME, composta pelo Dr. Raphael Barata Kasal, 1º tenente Romulo Braga Pacheco de Sousa e o engenheiro Bruno Catanzaro Perosa, e o comprometimento de seus integrantes com o sistema.

Na parte da avaliação técnica, foi executado um dos ensaios pertencentes ao escopo acreditado, ocasião em que foi possível demonstrar para o auditor a objetividade dos procedimentos de execução e de tratamento dos resultados elaborados pela Gerência Técnica do LME. O relatório de avaliação recomendou a manutenção da acreditação dos ensaios, sem a identificação de não conformidades.

Esse resultado destaca o LME como um dos poucos laboratórios acreditados pelo CGCRE sem não conformidades identificadas, o que ressalta a qualidade do trabalho executado no laboratório do CTEx, que é o único no Brasil acreditado em uma norma militar internacional para a realização de ensaios de compatibilidade eletromagnética.

Esta capacidade laboratorial é de suma importância para as atividades de pesquisa, desenvolvimento, teste e avaliação de Sistemas e Materiais de Emprego Militar nas áreas de comunicações e eletrônica, tais como radares e rádios militares, e pode ser utilizada para apoiar os projetos das Forças Armadas e a própria Base Industrial de Defesa (BID).

Fonte: CTEx

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here