Indonésia recebe novo lote de ASTROS II

3
5296

Na manhã de 12 de junho, sexta-feira, o navio cargueiro MV Tian Fu, com bandeira de Hong Kong e procedente do Porto de Santos, desembarcou no Porto de Tanjung Priok, em Jacarta, mais um lote do Sistema de Foguetes de Artilharia para Saturação de Área ASTROS II Mk.6 destinado ao Exército Indonésio.

De acordo com fontes do Porto, vieram 27 veículos e uma grande quantidade de foguetes.

Em 2012, a Indonésia encomendou duas baterias do Sistemas ASTROS II, com 36 veículos, que atualmente equipam dois Batalhões de Artilharia de Foguetes.

Em 2018, foi formada a 3ª Divisão do Exército, que possuía vários Batalhões em Sulawesi e Papua. A força de artilharia dessa unidade está composta por um Batalhão de Artilharia Misto (Foguetes e Tubos) e é provável que estes veículos que chegaram sejam destinados para seu uso. Outra possibilidade é preencher a lacuna nas 1ª e 2ª Divisão, porque várias unidades do Sistema Astros foram enviadas para proteger a Ilha Natuna.

Desde a tensão com a China, pela disputa do mar de Natuna, o Exército Indonésio transferiu 14 unidades de veículos lançadores de foguetes Astros II para a região. A tarefa foi ao mesmo tempo a mudança de Astros para o 1º Batalhão de Artilharia (Gardapati Kodam I Bukit Barisan), que supervisiona as regiões de Sumatra do Norte, Sumatra Ocidental, Riau e as Ilhas Riau.

Desde a assinatura da compra de 36 unidades Astros II, o Ministério da Defesa não anunciou mais nenhuma encomenda desse Sistema, mas em fevereiro de 2019, o Tenente General Moch. Fachrudin, vice-chefe do Estado-Maior do Exército Indonésio, fez uma visita à fábrica da AVIBRAS, em São José dos Campos/SP,  supostamente para garantir que um novo pedido indonésio, com mais 56 veículos, fosse entregue dentro do prazo determinado.

Fonte Defense Studies Blog

3 Comentários

  1. Com certeza esse seria um cliente interessado numa versão destinada ao disparo de misseis antinavio a partir da costa. Seria um produto interessante a ser desenvolvido pela Avibrás para atender determinado nicho, visto que ela já desenvolve o MANSUP.

  2. Olha, neste rítimo eles terão mais baterias do Astros do que nós mas é excelente ver um produto , tão conceituado e valioso, como este sendo colocado em atividade mundo afora e pelo andar da carruagem não deve demorar pra ver combate real.

  3. Um navio cargueiros de Hong Kong transportando bateria de artilharia para a Indonésia.
    Isso possivelmente aumenta (mesmo que pouco) as divergências com relação ao PCC.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here