Hercules da FAB chega em Macapá com equipamentos para apoiar o restabelecimento de energia

1
1353
Chegada do C-130M Hércules em Macapá (Foto MD)

O  Ministério da defesa (MD) informou, em nota à imprensa, que duas aeronaves da Força Aérea Brasileira (FAB) foram enviadas ao Estado do Amapá, transportando 51 toneladas de materiais, que serão utilizados emergencialmente para restabelecer o fornecimento de energia elétrica em 14 municípios que estão sofrendo falta de energia elétrica desde a noite da última terça-feira, dia 03 de novembro, quando uma explosão seguida de incêndio comprometeu os três transformadores de uma subestação da Zona Norte de Macapá, durante uma tempestade.

A primeira aeronave, o C-130M Hercules, FAB 2477, pertencente ao Primeiro Esquadrão do Primeiro Grupo de Transporte (1°/1° GT), o Esquadrão Gordo, saiu ontem, dia 06, do Rio de Janeiro (RJ),  fez parada em São Luís (MA) e chegou a Macapá no final da tarde, com 16,5 toneladas em carga, sendo uma máquina para tratamento de óleo do transformador, uma máquina termovácuo para retirada de umidade do transformador, duas máquinas de purificação e um instrumento de resposta em frequência para verificar possíveis deformações internas no transformador.

Embarque dos equipamentos em São Luís (Fotos Engenheiro Moisés e Técnico Fernando/Eletrobras Eletronorte, via FAB)

A segunda aeronave, o KC-390 Millennium, FAB 2854,  saiu de Boa Vista (RR) à tarde, pousou em Tabatinga (AM), e está prevista sua chegada a Macapá na manhã de hoje, sábado, dia 07, levando quatro geradores que vão “atender, de forma emergencial, as atividades essenciais que serão designadas pelo Governo do Estado”, conforme nota do MD.

Desembarque dos equipamentos no inicio da noite (Foto MD)

Com informações e fotos do Ministério da Defesa e Força Aérea Brasileira

1 Comentário

  1. Amém!!! A situação caótica por aqui, lembra o que vemos naqueles países que passam por algum desastre natural, na qual nada funciona (por óbvio que sem a destruição da infraestrutura)…

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here