HENSOLDT desenvolve sistema de interferência para neutralizar defesas aéreas

1
2274
O 'Kalaetron Attack' fornece a base para novas capacidades de guerra eletrônica do Eurofighter (Foto: Stefan Petersen - Hensoldt)

A fornecedora de soluções de sensores Hensoldt alcançou um salto tecnológico no desenvolvimento de produtos para proteção eletrônica de aeronaves. Ao combinar inteligência artificial, digitalização e tecnologias AESA (“Active Electronically Scanning Array”), foi desenvolvido um sistema de interferência (jammer) chamado Kalaetron Attack, que bloqueia até os mais recentes radares russos, protegendo as aeronaves contra a defesa aérea inimiga.

O Kalaetron Attack provou recentemente sua eficácia em cenários de ameaças atuais em extensos testes em terra. Faz parte da família de produtos totalmente digital Kalaetron da Hensoldt, que é usada no sistema de autoproteção do NH90 e para inteligência de sinais com as Forças Armadas Alemãs, entre outros.

“Os produtos da guerra eletrônica aerotransportada contemporânea estão disponíveis na Alemanha”, diz Celia Pelaz, diretora de Estratégia e chefe da Divisão de Domínio do Espectro da empresa. “Na Hensoldt , estamos agrupando essas capacidades para se desenvolver o necessário, em cooperação com outras empresas, uma solução sob soberania nacional. Combinando as mais recentes tecnologias, conseguimos otimizar o desempenho da interferência de maneira direcionada. ‘Kalaetron Attack’ escalável a qualquer momento para implantações como um sistema de autoproteção ou as funções de escolta e jammer de stand-off.”

Os elementos centrais do sistema são um sensor e efetor de banda larga totalmente digitalizado, um jammer controlável eletronicamente e uma estrutura condensada dos componentes eletrônicos só possíveis pela impressão 3D metálica. Isso tornou possível configurar o jammer de forma que ele possa ser facilmente integrado em formatos de pods comumente usados ​​em todo o mundo e em várias plataformas voadoras, mas também pode ser dimensionado para aplicações marítimas e terrestres.

O próximo passo de desenvolvimento planejado para o verão de 2022 é instalá-lo em uma aeronave para confirmar os resultados laboratoriais já excelentes em testes de voo realistas. A Hensoldt já está envolvida na produção e desenvolvimento do sistema de autoproteção do Eurofighter como parte do consórcio EuroDASS.

Fonte: Hensoldt

1 Comentário

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here