Guarani retorna da Argentina, missão cumprida

6
3151

Na última quinta-feira, dia 24 de junho, a viatura blindada de transporte de pessoal – média sobre rodas (VBTP-MSR) 6X6 Guarani, pertencente ao 5º Regimento de Cavalaria Mecanizado (5º RC Mec), o regimento “Cavalaria da Legião de Tropas Ligeiras”, da cidade de Quaraí (RS), que foi emprestada pelo Exército Brasileiro (EB) ao Exército Argentino (EA), para fazer avaliação dentro do programa VCBR (“Vehículo de Combate Blindado a Rueda”), retornou ao Brasil.

No dia seguinte, sexta-feira, ocorreu uma cerimônia alusiva à conclusão da missão na 2ª Brigada de Cavalaria Mecanizada (2ª Bda C Mec), a “Brigada Charrua”, em Uruguaiana (RS), com a presença de seu comandante, o general-de-brigada Jayro Rocha Junior.

Foram 30 dias em território argentino, onde a viatura executou diversas etapas de testes, como deslocamento, superação de obstáculos, navegação, tiro e outras, em unidades do EA, da Marina e da Força Aérea Argentina, cumprindo com sucesso todos requisitos apresentados.

Mais uma vez, a capacidade do produto militar, desenvolvido e produzido no Brasil, e dos militares brasileiros, foram postos a prova e mostraram capazes de superar todas as adversidades impostas.

AÇO!

Fotos: 2ª Bda C Mec

Acompanhe a missão

Guarani enviado à Argentina
Guarani na Argentina
Guarani é apresentado oficialmente na Argentina
Guarani na Argentina – Termina a primeira fase de testes
Guarani na Argentina – vídeo da primeira fase de testes
Guarani na Argentina – Embarque em Hercules encerra os testes

6 Comentários

  1. Parabéns aos brasileiros que trabalharam por lá nesses 30 dias. Tenho certeza de que, além de terem feito um ótimo trabalho, também devem estar bastante cansados. Imagine a quantidade de perguntas que tiveram que responder sobre o produto e as várias apresentações que fizeram! Saudações aos guerreiros!

  2. Parabéns para o DCT pelo bem elaborado projeto e a IVECO pela qualidade de construção.
    Esperemos que o produto seja contratado pel EA e lembrado por outras FA, fomentando a produção do veículo, permitindo a continuidade de suas variantes.

  3. Durante os 30 dias, eu tinha lido diversos comentários ofensivos em relação ao Guarani, por parte dos argentinos. Acompanhando o caso, percebi que vários deles, após toda a demonstração, meio que refizeram seus comentários e distribuíram elogios ao blindado. Fato, o Guarani impressionou os argentinos. O que nos resta saber agora, é se eles irão adquirir o blindado. Parabéns a todos os envolvidos!

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here