Governo do Rio e empresas italianas desenvolverão conceito de “Cidades Inteligentes”

0
486

Soluções tecnológicas de ponta para infraestruturas de transporte, conectividade e iluminação são alguns dos projetos previstos.

O Governo do Estado do Rio de Janeiro assinou, nesta quinta-feira, dia 11 de novembro, um acordo de entendimento com as empresas italianas Enel X, Leonardo e TIM para o desenvolvimento do conceito de Cidades Inteligentes e o planejamento de estudos sobre o tema. A parceria foi anunciada durante reunião do governador Cláudio Castro com a vice-ministra da Economia e Finanças da Itália, Laura Castelli, em Roma.

Soluções tecnológicas de ponta para infraestruturas de transporte, conectividade e iluminação, transformação digital e modelos de eficiência energética são alguns dos projetos que serão oferecidos pelas empresas referências mundiais nos setores de energia, mobilidade elétrica, tecnologias, conectividade e segurança cibernética.

Entre as possíveis aplicações desenvolvidas estão a medição do clima e nível de poluição, os sistemas de recarga pública para veículos elétricos,

Para empresas e edifícios públicos, a parceria prevê a disseminação do conceito de eficiência energética, por meio o desenvolvimento de soluções de engenharia, oferta de energia renovável em usinas de geração distribuída e uso de plataformas de monitoramento em tempo real para climatização. O objetivo é oferecer soluções sustentáveis e inovadoras, proporcionando mais eficiência aos clientes.

“ Sistemas de energia e inteligência artificial vão garantir proteção, segurança e qualidade de vida aos cidadãos e as indústrias fluminenses. Essa parceria recoloca o Estado do Rio de Janeiro em um cenário de desenvolvimento e credibilidade internacional. Vamos abraçar o conceito de economia verde”, ressaltou o governador.

O projeto vai identificar cidades nas quais o desenvolvimento de projetos pode ser aplicado com a intenção de transformá-las em um “laboratório vivo” para as aplicações tecnológicas que contribuam para o desenvolvimento sustentável. Municípios como Itaperuna e Três Rios servirão de referência.

“Acredito que o projeto Cidades Inteligentes ajude a consolidar políticas públicas do Estado do Rio de Janeiro e aproxime ainda mais a Itália do Brasil”, afirmou a vice-ministra da Economia e Finanças da Itália, acionista das três empresas.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here