Fundo Garantidor de Exportações

0
1256
Imagem: SIMDE

O Sindicato Nacional das Indústrias de Materiais de Defesa (SIMDE) esteve presente na 9ª reunião do Conselho Temático da Indústria de Defesa e de Segurança (CONDEFESA), da Confederação Nacional da Indústria (CNI), que contou com exposições do ministro de Ciência, Tecnologia e Inovação, Marcos Pontes, e do secretário de Produtos de Defesa do Ministério da Defesa (MD), Marcos Degaut.

Na abertura do evento, feita pelo vice-presidente da CNI e presidente do CONDEFESA, Glauco José Corte, o SIMDE foi citado em sua fala sobre o Fundo Garantidor de Exportações: “Informo que o presidente da CNI, Robson Braga de Andrade, com o apoio do fórum de competitividade das exportações, do SIMDE, da Avibras e da Embraer, manteve entendimentos com o ministro da Economia, Paulo Guedes, sobre o orçamento do Fundo de Garantia e Exportação, o qual, por insuficiência, corria o risco de obstruir novas coberturas e de reduzir a exportação de alto valor agregado com reflexos negativos no emprego de renda. Esses entendimentos resultaram em informação do ministro Paulo Guedes e não faltarão recursos para este programa, uma boa notícia que transmito a todos”.

Na fase de debates, o SIMDE perguntou ao ministro sobre a articulação com o MD para definição e investimento em tecnologias disruptivas ligadas aos projetos estratégicos das Forças Armadas. O ministro agradeceu a pergunta e afirmou: “pretendo restituir uma ideia que eu lancei em 2019, que era justamente um esforço para tecnologias estratégicas, para que nós fizéssemos um sistema de tecnologias estratégicas, que inclui principalmente o desenvolvimento de sistemas avançados de defesa”. Além da apresentação ministro Marcos Pontes, houve o lançamento de um curso de economia de defesa, realizado em conjunto pela CNI e o MD, por parte do secretário Marcos Degaut.

Com informações do SIMDE

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here