Fragata União realiza qualificação do AH-11B Wild Lynx

No período de 6 a 9 de julho, a fragata União (F45) realizou comissão operativa visando ao alinhamento de seu sistema de armas, na área marítima ao sul do Rio de Janeiro (RJ).
Foram realizados exercícios operativos, visando assegurar a precisão do armamento e, consequentemente, a manutenção do poder combatente do navio: corrida do balão, varredura do horizonte, alinhamento dos radares de busca, alinhamento do sonar; e “gun align” de superfície e antiaéreo.
Além dos alinhamentos, foram conduzidas operações aéreas com a aeronave AH-11B Wild Lynx, que permitiram a requalificação do navio para a operação de helicópteros no período noturno, com o apoio da Seção de Investigação e Prevenção de Acidentes Aeronáuticos do Comando da Força de Superfície.
Em função da pandemia da Covid-19, todos os protocolos sanitários previstos foram observados, como a higienização do navio antes e durante a comissão, além da obrigatoriedade do uso da máscara facial por todos os militares.
Fonte: Marinha do Brasil

Artigos Relacionados

Formulação Conceitual dos Meios Blindados do Exército Brasileiro ESTADO-MAIOR DO EXÉRCITO-PORTARIA Nº 162-EME, DE 12 DE JUNHO DE 2019 Documento...

Pela primeira vez no Brasil, foi realizado o reabastecimento em voo (REVO) por helicóptero, foi a chamada Operação MANGA. Na...

Os anos pioneiros da era do jato na Aviação de Caça da Força Aérea Brasileira foram marcados pela operação de...

A Comissão do Exército Brasileiro em Washington (CEBW) publicou, na última sexta-feira, dia 19 de abril, um pedido de cotação...

O crescimento da Base Industrial de Defesa e Segurança Pública (BIDS) torna esse setor ainda mais estratégico e relevante para...

Em comemoração a semana do Exército, o Comando Militar do Sudeste (CMSE) está organizando uma série de eventos na Capital Paulista,...

Comentários

4 respostas

  1. Será que a MB vai adquirir aquele suporte de mísseis testado nos Linx’s britanicos levando dezenas de mísseis similares ao HellFire???
    Daria uma ajuda e tanto no apoio de fogo pro CFN.

    1. Parece que vamos de Spike da Rafael, que é um baita missil. Com certeza daria ao Wild Lynx a oportunidade de atacar até alvos em terra em apoio ao CFN.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

DISPONÍVEL