ÁREA DO CLIENTE

Força Aérea Italiana recebe seus primeiros jatos de treinamento M-345

A Leonardo entregou na última terça-feira, dia 22 de dezembro, à Força Aérea Italiana (Aeronautica Miliare Italiana – AMI), os dois primeiros jatos de treinamento M-345 de uma encomenda inicial de 18 unidades, com a pretensão de um total de 45 aeronaves. O novo modelo, designado T-345A, substituirá gradualmente o 137 MB-339, em serviço desde 1982.

Marco Zoff, Diretor Executivo de Aeronaves da Leonardo disse: “com base em nossa experiência com jatos de treinamento, o M-345 permitirá que nossos clientes alcancem uma melhoria significativa na eficácia do treinamento, enquanto reduzem custos operacionais. A primeira entrega à Força Aérea Italiana é um marco importante, resultado de um longo e produtivo trabalho em equipe em parceria com o operador”.

O novo M-345, que foi projetado para atender aos requisitos de treinamento de pilotos no nível básico e intermediário, complementando os M-346 que são utilizados para o treinamento avançado, e também foi selecionado como a nova aeronave do time acrobático “Frecce Tricolori”.

A aeronave

O novo M-345 HET (High Efficiency Trainer) foi idealizado para poder reduzir o tempo de treinamento de pilotos, assim como dar aos pilotos iniciantes a oportunidade de voar em uma aeronave com características de desempenho, e oferecer treinamento de alta qualidade a um custo menor.

A arquitetura de cabine do M-345 é a mesma dos caças de primeira linha, possuindo capacidade de desempenhar funções operacionais, graças a um envelope de voo estendido, com capacidade de manobras em alta velocidade mesmo em grandes altitudes, sistemas aviônicos modernos, alta capacidade de carga e desempenho.

Foi projetado para possuir um longo ciclo de vida e uma abordagem de dois níveis para manutenção, eliminando a necessidade de realização de caras revisões gerais. O HUMS (Health and Monitoring Usage System) da aeronave também contribui para um menor de manutenção.

Um sofisticado simulador de treinamento a bordo também oferece uma série de benefícios. Como por exemplo o fato de que os pilotos do M-345 são capazes de planejar manobras antes do treinamento de voo, permitindo maior eficiência. Os pilotos em treinamento também podem voar em formação com outros pilotos no ar e os que estão treinando em solo em simuladores, por meio de um link de dados em tempo real. Já a Estação de Planejamento e Avaliação de Missão (Mission Planning and Debriefing Station) da aeronave permite que os pilotos em treinamento analisem as missões que acabaram de voar.

Seu motor um turbofan Williams FJ44-4M-34 otimizado para uso militar e acrobático. A cabine é baseada em controles HOTAS (Hands On Throttle-And-Stick) e possui um painel de vidro com tela de toque MFD (Multi-function Display) de três cores. O HUD (Heads-Up Display) da aeronave é espelhado em uma quarta tela no banco traseiro.

COMPARTILHE

Uma resposta

  1. Tomara que um dia a FAB compre treinadores sem bigode. Sei que sempre foi dito pela propria FAB que não precisamos de um LIFT, mas sabemos que precisamos sim. Em pequena quantidade.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *