FAMAE firma contrato com Aselsan para a manutenção dos Leopard 2A4 chilenos

No dia 14 de julho, foi adjudicado um acordo entre a Fábricas y Maestranzas del Ejército (FAMAE) e a empresa turca ASELSAN, para viabilizar os trabalhos de recuperação e manutenção nos carro de combate Leopard 2A4, no âmbito do projeto de manutenção de material do Exército do Chile (ECh), após um rigoroso processo de seleção em que foram analisados ​​aspectos administrativos e técnicos.

Foto: FAMAE

Esta cooperação tem, entre as suas vantagens, a transferência de tecnologia e “know-how”, permitindo à FAMAE expandir ainda mais as suas capacidades e continuar com a sustentabilidade deste material, bem como prolongar o seu ciclo de vida, adaptando-o às necessidades específicas do ECh, garantindo a segurança da entrega do material, definindo os requisitos específicos de acordo com o cenário geográfico do Chile e o cenário de missão alocado.

Este acordo garante a manutenção de um material estrategicamente significativo do ECh, bem como a obtenção de maior disponibilidade e confiabilidade, tanto para a instrução e treinamento, como para tarefas de área de missão enquadradas na Política de Defesa Nacional.

 

O diretor da FAMAE, general Luis Espinoza, e representantes da Aselsan (Foto: FAMAE)

Fonte: FAMAE

Artigos Relacionados

Formulação Conceitual dos Meios Blindados do Exército Brasileiro ESTADO-MAIOR DO EXÉRCITO-PORTARIA Nº 162-EME, DE 12 DE JUNHO DE 2019 Documento...

Pela primeira vez no Brasil, foi realizado o reabastecimento em voo (REVO) por helicóptero, foi a chamada Operação MANGA. Na...

NOTA À IMPRENSA A Associação Brasileira das Indústrias de Material de Defesa e Segurança (ABIMDE) expressa seu entusiasmo e gratidão...

Um misto de alívio e expectativa. Foi assim que o Sindicato Nacional de Materiais de Defesa (SIMDE) recebeu a notícia...

A Elbit Systems anunciou ontem o contrato avaliado em US$ 600 milhões para o fornecimento de sistemas para a Hanwha...

Decisão evitará prejuízos a empresas do setor que corriam risco de perder contratos e contribuirá para a sustentabilidade e a...

Comentários

8 respostas

  1. Ontem estava lendo um site estrangeiro e comenta a que o Chile poderia ser um futuro usuário do merkava, agora fiquei em dúvida.

    1. Acho que li a mesma notícia que você, só que acho que eles erraram em um dos parágrafos ao invés de colocar Chipre colocaram Chile, pois na matéria fala que Marrocos e um país europeu estaria negociando as compras dos merkava.

  2. Feio pra caramba, embora mais modernoso e mortal, este Leo 2A4 . Acho nosso Leo 1A5 mais bonito, gostaria de ver o mesmo com uma torre nova ,talvez nova motorização e ganhando aquele fôlego mas…..

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Disponível

DISPONÍVEL