ÁREA DO CLIENTE

FAB vai modernizar o T-25 Universal

A Força Aérea Brasileira (FAB) está conduzindo um programa de modernização para a sua frota de aeronaves Neiva T-25 Universal. O monomotor à pistão de asa baixa é usado na instrução básica da Academia da Força Aérea (AFA) desde 1978, mas ao longo deste período, também foi empregado na etapa avançada.

Sendo reconhecido como um “trator” voador pela sua robustez, característica necessária na instrução de alunos com pouca experiência de voo, o T-25 era o único avião usado no processo de formação e especialização do piloto militar que não tinha sido contemplado com uma modernização.

Na etapa avançada, o Tucano foi modernizado enquanto na especialização que acontece na Base Aérea de Natal, o A-29 Super Tucano e o C-95 apresentam um cockpit digital, enquanto o HB350 Esquilo está em fase de substituição pelo H125.

Em questionamento ao Centro de Comunicação Social da Aeronáutica (CECOMSAER), ficou esclarecido que o programa de modernização está em curso e vai abranger 38 exemplares das variantes T-25A e T-25C com novos aviônicos de navegação e comunicação. Além disso, a maior parte dos instrumentos analógicos do painel do T-25 serão substituídos por um display colorido, à semelhança do que foi visto na modernização do Tucano, mantendo apenas alguns poucos analógicos como backup.

Apesar de não ter sido comentado em detalhes, por uma questão de padronização e logística, é provável que a aviônica seja a mesma usada no T-27M, que é o Garmin G600 HP TXi.

Painel atual do T-25A. Foto: João Paulo Moralez

Os trabalhos de modernização estão a cargo do Parque de Material de Lagoa Santa. No atual momento, a parte de engenharia já foi iniciada e incluiu a construção de um mock-up do cockpit, com a conclusão dos trabalhos no primeiro protótipo previstas para serem concluídas em 2024. O cronograma de entregas se estenderá até 2026.

Outra novidade é que a frota deverá passar por uma mudança no padrão de pintura, cujo padrão ainda está no processo de escolha.

COMPARTILHE