FAB realiza primeiro pouso em aeródromo de elevada altitude com KC-390

Pouso ocorreu durante o Exercício Cooperación IX, que está sendo realizado de 08 a 19/05, no Peru

 Por Agência Força Aérea

O Primeiro Grupo de Transporte de Tropa (1º GTT), o “Esquadrão Zeus”, efetuou pela primeira vez na história da aeronave KC-390 Millennium, da Força Aérea Brasileira (FAB), um pouso em aeródromo de elevada altitude, na cidade de Jauja, no Peru. O pouso foi realizado durante o Exercício Cooperación IX, no dia 11/05, a 11.034 pés, o que corresponde a mais de 3.300 metros de altitude. O Exercício está sendo coordenado pela Força Aérea do Peru (FAP), reunindo, de 08 a 19/05, as Forças Aéreas Americanas de 12 países, com o objetivo de treinar a integração em cenários de catástrofes naturais, como terremotos e furacões.

O Comandante do 1º GTT, tenente-coronel Aviador Bruno Américo Pereira, explicou que o pouso no aeroporto Francisco Carle foi um marco importante para a FAB, pois o aeródromo é estratégico para as operações militares devido ao cenário montanhoso pela proximidade com a Cordilheira dos Andes.

“A cidade de Jauja fica localizada em um vale no alto da Cordilheira dos Andes, motivo pelo qual as operações aéreas que ali ocorrem demandam extrema cautela e planejamento. As elevações que margeiam a cidade, o ar rarefeito provocado pela grande elevação do aeródromo, bem como a ausência de auxílios à navegação aérea na localidade, demandam uma análise criteriosa das capacidades de performance da aeronave, tendo sido fundamental a experiência de seus tripulantes”, contou.

Para o sucesso da missão, foi necessária uma grande interação com os militares da FAP, que conduziram um sobrevoo, no dia anterior ao pouso, para realizar uma ambientação na localidade. Foram realizadas, ainda, as avaliações de performance e meteorologia para disponibilizar a máxima capacidade de carga e passageiros a serem transportados em favor das operações de apoio às áreas atingidas pelas catástrofes citadas.

No voo, também estiveram presentes militares do Estado-Maior da Aeronáutica (EMAER), bem como integrantes da Secretaria Permanente do Sistema de Cooperação entre as Forças Aéreas Americanas (SICOFAA).

O comandante da aeronave, major aviador Anderson Dias Santiago, falou sobre as capacidades da aeronave KC-390 Millennium. “Pode ser percebida a importância da demonstração de mais esta capacidade da aeronave KC-390, reafirmando a sua vocação de atuar nos mais diversos cenários em que for demandada”, destacou.

Desafios

Um dos principais desafios enfrentados pelas aeronaves em altitudes elevadas são consequências advindas da redução da densidade do ar, o que pode afetar a potência do motor, velocidades de aproximação e a capacidade de frenagem da aeronave, exigindo uma apurada técnica dos pilotos. A operação de aeronaves em pistas de altitude elevada é um desafio para pilotos, equipes de manutenção e engenheiros aeronáuticos.

Fonte e foto: Esquadrão Zeus

Artigos Relacionados

Formulação Conceitual dos Meios Blindados do Exército Brasileiro ESTADO-MAIOR DO EXÉRCITO-PORTARIA Nº 162-EME, DE 12 DE JUNHO DE 2019 Documento...

Pela primeira vez no Brasil, foi realizado o reabastecimento em voo (REVO) por helicóptero, foi a chamada Operação MANGA. Na...

Na tarde de hoje, 27 de maio, um comboio com três viaturas blindadas de transporte de pessoal (VBTP) 6X6 Guarani,...

No dia de hoje, 24 de maio, a Agência de Cooperação de Segurança de Defesa (Defense Security Cooperation Agency – DSCA)...

A capital turca, Istambul, foi palco de discussões sobre segurança e defesa nos dias 21, 22 e 23. A Feira...

De acordo com a portaria nº 443-COTER/C Ex, o Exército Brasileiro (EB), através do Comando de Operações Terrestres (COTER), constituiu...

Comentários

2 respostas

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

DISPONÍVEL