FAB continua no socorro ao Amazonas

Em continuidade à Operação COVID-19, duas aeronaves C-130 Hércules da Força Aérea Brasileira (FAB) decolaram da Base Aérea de São Paulo, em Guarulhos (SP), nesta quinta-feira (14), com mais de 18 toneladas de cilindros de oxigênio líquido, que serão utilizados por hospitais no atendimento a pacientes da COVID-19, no estado do Amazonas.

As aeronaves são operadas pelo Primeiro Esquadrão do Primeiro Grupo de Transporte (1º/1º GT), Esquadrão Gordo. Uma decolou na madrugada desta quinta, 1 hora da manhã (horário de Brasília), e pousou na Ala 8, em Manaus (AM), às 6h30. A segunda, decolou às 20h27, com previsão de chegada às 2 horas (horário de Brasília), desta sexta-feira (15), em Manaus (AM). A bordo, mais seis cilindros.

Ainda está previsto o engajamento de outras aeronaves da FAB, que somarão esforços no Transporte Aéreo Logístico para Manaus (AM).

O Comandante do C-130 Hércules que realizou a primeira missão, capitão aviador Gláuber Leonardo Lança, disse que representar a Força Aérea nesse momento é uma honra para os tripulantes do Esquadrão Gordo. “Participar da missão de ajuda à sociedade manauara, levando condições para que as pessoas possam enfrentar essa pandemia, é muito gratificante. Sabemos que isso pode aliviar o sofrimento de inúmeras pessoas”, comentou.

Um dos pilotos da segunda aeronave, tenente aviador Lucas Piccinini, destacou o orgulho de participar de tal missão. “É uma missão muito importante para todos os brasileiros, principalmente para a população de Manaus. Estamos aqui, prontamente, atendendo a sociedade brasileira”, afirmou.

Transporte de pacientes

Nesta sexta-feira (15), esta previsto o transporte de pacientes, acompanhados de equipes de saúde, de Manaus (AM) para outros estados do País. Duas aeronaves Embraer C-99 do Primeiro Esquadrão do Segundo Grupo de Transporte (1º/2º GT), Esquadrão Condor, acionadas pelo Comando de Operações Aeroespaciais (COMAE), cumprem as missões que têm como objetivo minimizar os impactos no sistema de saúde da capital amazonense.

O Comando da Aeronáutica está dedicando permanentemente o esforço do seu efetivo e de suas aeronaves 24 horas por dia e 7 dias por semana em atendimento às necessidades da sociedade brasileira no enfrentamento à pandemia da COVID-19.

A FAB tem atuado na Operação COVID-19, realizando missões de transporte em todo o território nacional, as quais foram intensificadas recentemente para a cidade de Manaus. O transporte aéreo exige uma logística complexa e que, durante o período de pandemia, envolve o trabalho coordenado de diversos órgãos.

Fonte: Agência Força Aérea
Texto: tenente Jonathan Jayme/Agência Força Aérea
Fotos: TEN Padoan e SD Moré da Silva/Ala 8, SGT Johnson/CECOMSAER

Artigos Relacionados

Formulação Conceitual dos Meios Blindados do Exército Brasileiro ESTADO-MAIOR DO EXÉRCITO-PORTARIA Nº 162-EME, DE 12 DE JUNHO DE 2019 Documento...

Pela primeira vez no Brasil, foi realizado o reabastecimento em voo (REVO) por helicóptero, foi a chamada Operação MANGA. Na...

A equipe de Tecnologia & Defesa esteve a bordo do super navio-aeródromo USS George Washington (CVN 73), um navio de...

De acordo com o Portal da Secretaria de Segurança Pública da Bahia (SSP), o governador do Estado, Jerônimo Rodrigues, autorizou...

O Grupo EDGE e a Fincantieri assinaram hoje, dia 20 de maio, um acordo que formaliza o lançamento da MAESTRAL,...

No ultimo sábado, dia 18 de maio, às 16h29 local, um caça Lockheed Martin F-35C Lightning II da US Navy...

Comentários

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

DISPONÍVEL