FAB assina contrato com C6 Launch Systems para lançamentos em Alcântara

Um importante passo para inserir o Brasil em um seleto grupo de países com capacidade de lançamento de veículos espaciais. Nessa quinta-feira (25/08), em Brasília (DF), ocorreu a cerimônia alusiva à assinatura do contrato entre a Força Aérea Brasileira (FAB) e a empresa canadense C6 Launch Systems Incorporated, uma das selecionadas para operação no Centro Espacial de Alcântara (CEA), no Maranhão.

O contrato é consequência do Edital de Chamamento Público nº 02/2020 da Agência Espacial Brasileira (AEB), de 22 de maio de 2020, e tem como objeto a disponibilização de bens e serviços para lançamentos de veículos espaciais, a partir da área 3 do Centro Espacial de Alcântara, conhecida como área do Perfilador de Vento.

A solenidade foi presidida pelo Comandante de Operações Aeroespaciais (COMAE), Tenente-Brigadeiro do Ar Heraldo Luiz Rodrigues. Participaram, ainda, Oficiais-Generais membros do Alto-Comando da Aeronáutica; Oficiais-Generais da Aeronáutica; o Presidente da Agência Espacial Brasileira, Coronel Carlos Augusto Teixeira de Moura, e representantes da C6 Sistemas de Lançamento e Serviços do Brasil e, por videoconferência, do presidente e Ceo da C6 Launch Systems, Richard Mccammon.

Na oportunidade, o tenente-brigadeiro Heraldo ressaltou a importância da assinatura do contrato para a efetiva entrada do Brasil na corrida espacial. “Hoje, com a celebração desse contrato foi dado um passo gigantesco para a exploração no Centro de Lançamento de Alcântara. Paralelamente a isso, a Agência Espacial Brasileira trabalhou junto com o Comando da Aeronáutica para assinarmos alguns acordos que possibilitam a exploração comercial de Alcântara”, completou.

Richard Mccammon frisou que a parceria vai impactar positivamente as economias tanto local quanto nacional. Ele informou, ainda, que o primeiro lançamento deve ocorrer no primeiro semestre de 2024. E destacou também que o contrato é um marco importante que amplia a cooperação e a parceria entre a Força Aérea Brasileira, a Agência Espacial Brasileira e outras Agências Locais, desenvolvendo o segmento espacial no Brasil.

Texto: tenente Flávia Rocha / Agência Força Aérea
Fotos: sargento P. Silva / CECOMSAER

Artigos Relacionados

Formulação Conceitual dos Meios Blindados do Exército Brasileiro ESTADO-MAIOR DO EXÉRCITO-PORTARIA Nº 162-EME, DE 12 DE JUNHO DE 2019 Documento...

Pela primeira vez no Brasil, foi realizado o reabastecimento em voo (REVO) por helicóptero, foi a chamada Operação MANGA. Na...

No dia de hoje, 24 de maio, a Agência de Cooperação de Segurança de Defesa (Defense Security Cooperation Agency – DSCA)...

A capital turca, Istambul, foi palco de discussões sobre segurança e defesa nos dias 21, 22 e 23. A Feira...

De acordo com a portaria nº 443-COTER/C Ex, o Exército Brasileiro (EB), através do Comando de Operações Terrestres (COTER), constituiu...

Após um breve período de calmaria, que parecia que a tragédia ambiental no Sul estava chegando ao seu final, uma...

Comentários

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

DISPONÍVEL