Exército testa o novo rádio Mallet em exercício

O Departamento de Ciência e Tecnologia (DCT), por meio do Comando de Comunicações e Guerra Eletrônica do Exército (CCOMGEX), coordenou um exercício para testar o Rádio Mallet, equipamento de comunicação produzido pela Indústria de Material Bélico do Brasil (Imbel). Denominada de Rondon-Mallet II, a atividade foi realizada no Campo de Instrução de Formosa, entre os dias 9 e 30 de setembro.

O exercício teve a finalidade de testar o desempenho do Rádio Mallet e verificar a adequação do material de emprego militar aos requisitos operacionais e técnicos estabelecidos para o apoio de comunicações da Força Terrestre. Na oportunidade, foram testados enlaces de voz e de dados em diferentes situações de emprego do rádio pelas tropas das armas, quadros e serviços.

A atividade contou com o emprego do 1º Batalhão de Guerra Eletrônica (1º BGE) e da Companhia de Comando e Controle (Cia C2). Participaram ainda integrantes do Centro Tecnológico do Exército (CTEx), do Centro de Avaliação do Exército (CAEx) e do 3º Esquadrão de Cavalaria Mecanizada (3º Esqd C Mec).

Fonte: Centro de Comunicação Social do Exército

Artigos Relacionados

Formulação Conceitual dos Meios Blindados do Exército Brasileiro ESTADO-MAIOR DO EXÉRCITO-PORTARIA Nº 162-EME, DE 12 DE JUNHO DE 2019 Documento...

Pela primeira vez no Brasil, foi realizado o reabastecimento em voo (REVO) por helicóptero, foi a chamada Operação MANGA. Na...

A Comissão do Exército Brasileiro em Washington (CEBW) publicou, na última sexta-feira, dia 19 de abril, um pedido de cotação...

O crescimento da Base Industrial de Defesa e Segurança Pública (BIDS) torna esse setor ainda mais estratégico e relevante para...

Em comemoração a semana do Exército, o Comando Militar do Sudeste (CMSE) está organizando uma série de eventos na Capital Paulista,...

O Ministério da Defesa (MinDef), por meio da Secretaria de Produtos de Defesa (SeProD), acompanhou, entre os dias 15 a...

Comentários

4 respostas

  1. Bom dia a todos os Senhores camaradas do TECNODEFESA!

    Mais uma excelente notícia para o meu, o nosso glorioso Exército Brasileiro que jamais perdeu uma guerra (os combates pela Cisplatina terminaram em um embate técnico ou armistício, portanto não fomos vencidos).

    Quanto ao assunto de reportagem, o conflito na Ucrânia demonstra a importância suprema da comunicação criptografada, segura e contínua.

    Parabéns a IMBEL que sempre esteve na vanguardia de nossa soberanía, a despeito de uns poucos ignorantes que não sabem o custo para se manter a independência técnico-científica e torcem o nariz para esta OM.

    Parabéns igualmente ao espaço Tecnodefesa que é junto com o do Nelson Düring, os únicos que fazem o transbordo e conhecimento é notícia sem viés de qualquer natureza.

    Vida longa a Tecnologia & Defesa a revista mais antiga do país em assuntos de defesa e interesse da soberanía de nossa Pátria.

    Sgt Moreno (CM)
    Nota:
    No sótão da casa de meus velhos pais (90 pai e 85 mãe anos) tenho todas as edições da T&D em um papel groso e brilhante, além das edições da revistas “Aviação e Defesa”.

    1. Isso não é uma viatura meteorológica, mas sim uma viatura de Comunicações (VE-Com), equipada com um Módulo de Telemática Operacional (MTC).

    2. me desculpa guerreiro, mas em nome de tudo que é mais sagrado, onde na foto, você conseguiu ver um anemômetro, pluviômetro ou uma biruta?? Ali só tem uma viatura com suas antenas de transmissão. Como você chegou a conclusão de que é uma viatura meteorológica?
      Logo eu chego a conclusão de que você só pode estar de brincadeira ou desrespeitoso.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

DISPONÍVEL