Exército Tcheco adquire mais sistemas de artilharia CAESAR

Por Ares Osservatorio Difesa (*)

O Ministério da Defesa da República Tcheca e a empresa francesa Nexter Systems assinaram um adendo ao contrato para o fornecimento de mais 10 sistemas de artilharia autopropulsada CAESAR, além das 52 já encomendadas.

O valor da sobretaxa é um total de € 73 milhões, incluindo impostos, sendo que o Ministério da Defesa planeja gastar cerca de € 425 milhões em todo o programa (62 sistemas), sendo que estes novos sistemas ​devem ser entregues pela Nexter ao Exército Tcheco até o final de 2026.

Os obuseiros com calibre 155 mm e 52 calibres substituirão os obuses DANA, de 152 mm e 45 calibres, que estão em serviço há mais de quarenta anos e são incompatível com o padrão da OTAN. Em comparação com os CAESAR, eles têm apenas um alcance de apenas 20 km, contra 40 km do sistema francês.

Ao concluir a emenda, o Ministério da Defesa em Praga respondeu não só à deterioração da situação de segurança no mundo e à necessidade de acelerar os projetos de modernização neste contexto, sobretudo, ao pedido do Exército de complementar a quantidade de armas adquiridas para aquele que assegura o cumprimento de todas as suas tarefas, tanto na defesa do território da República Checa como quando destacado para o estrangeiro. Concluindo o adendo, o Ministério da Defesa em Praga conseguiu reservar capacidades para a República Tcheca em linhas de produção que estão saturadas para os próximos anos devido à invasão russa à Ucrânia.

O acerto da decisão de escolher o sistema de artilharia CAESAR é confirmado pelo andamento do conflito em curso entre a Rússia e a Ucrânia, no qual o sistema francês utilizado pelas Forças Armadas de Kiev está obtendo grandes sucessos, permitindo-lhe atacar em profundidade e com precisão alvos russos.

A assinatura do adendo para a compra dos sistemas adicionais ocorreu no mesmo dia em que o Governo da República Checa tomou conhecimento da informação do Ministério da Defesa sobre o plano de compra de munições para estas armas no valor total de € 420 milhões.

As entregas, que ocorrerão nos anos de 2025 a 2029, serão asseguradas pela empresa tcheca STV Group, que irão fornecer a munição completa, através de transferência de tecnologia, sendo que, no objeto da entrega deste contrato, constam cinco tipos de munição (com a entrega de 65.848 unidades), cargas de propelentes (283.680), primer (76.860), três tipos de ignitores (65.848), peças de agregados de munição de treinamento (2.708) e capacitação.

Fonte: Ministério da Defesa da República Tcheca

 

(*) Ares Osservatorio Difesa é uma Associação Cultural italiana, fundada em 12 de abril de 2019, em Roma, para a análise e estudo de questões nacionais e internacionais relacionadas as áreas de defesa e segurança, e parceira de Tecnologia & Defesa no intercâmbio de informações, para manter os leitores atualizados das notícias importantes que ocorrem entre os dois países.

Artigos Relacionados

Formulação Conceitual dos Meios Blindados do Exército Brasileiro ESTADO-MAIOR DO EXÉRCITO-PORTARIA Nº 162-EME, DE 12 DE JUNHO DE 2019 Documento...

Pela primeira vez no Brasil, foi realizado o reabastecimento em voo (REVO) por helicóptero, foi a chamada Operação MANGA. Na...

No dia de hoje, 24 de maio, a Agência de Cooperação de Segurança de Defesa (Defense Security Cooperation Agency – DSCA)...

A capital turca, Istambul, foi palco de discussões sobre segurança e defesa nos dias 21, 22 e 23. A Feira...

De acordo com a portaria nº 443-COTER/C Ex, o Exército Brasileiro (EB), através do Comando de Operações Terrestres (COTER), constituiu...

Após um breve período de calmaria, que parecia que a tragédia ambiental no Sul estava chegando ao seu final, uma...

Comentários

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

DISPONÍVEL