Exército recebe mais um Pantera modernizado

A Aviação do Exército recebeu a aeronave HM-1A Pantera, o EB, a primeira unidade modernizada para o modelo “K2” entregue neste ano de 2023. O helicóptero será empregado em missões de combate, apoio ao combate e apoio logístico, a partir de sua base no Comando de Aviação do Exército (CAvEx), em Taubaté (SP).

Até o final do ano, o Exército receberá outras três aeronaves HM-1A Pantera fabricadas pela Helibras, indústria brasileira de helicópteros para uso civil e militar, subsidiária da Airbus Helicopters no Brasil.

A renovação e modernização da frota de helicópteros é parte do Programa Estratégico Aviação do Exército (Prg EE AvEx).

Programa Estratégico Aviação do Exército

O Programa Aviação visa dotar a Força Terrestre de modernos meios de ação logística e de combate, com vistas à projeção internacional do Exército Brasileiro e à promoção da paz.

Ao longo dos últimos 30 anos, a Aviação do Exército tem se modernizado e evoluído. Desde a chegada dos primeiros helicópteros até a plena capacidade de combater à noite,  destacaram-se as ações para a formação de tripulantes 2014no Brasil e no exterior, a aquisição de tecnologias, o desenvolvimento da doutrina de emprego em diversos ambientes operacionais e a adoção de novas técnicas de voo.

Fonte: Agência Verde Oliva
Fotos: ST Romeu

Artigos Relacionados

Formulação Conceitual dos Meios Blindados do Exército Brasileiro ESTADO-MAIOR DO EXÉRCITO-PORTARIA Nº 162-EME, DE 12 DE JUNHO DE 2019 Documento...

Pela primeira vez no Brasil, foi realizado o reabastecimento em voo (REVO) por helicóptero, foi a chamada Operação MANGA. Na...

No dia de hoje, 24 de maio, a Agência de Cooperação de Segurança de Defesa (Defense Security Cooperation Agency – DSCA)...

A capital turca, Istambul, foi palco de discussões sobre segurança e defesa nos dias 21, 22 e 23. A Feira...

De acordo com a portaria nº 443-COTER/C Ex, o Exército Brasileiro (EB), através do Comando de Operações Terrestres (COTER), constituiu...

Após um breve período de calmaria, que parecia que a tragédia ambiental no Sul estava chegando ao seu final, uma...

Comentários

7 respostas

  1. Na minha opinião essa base do exército deverá ser próxima à fronteira pra resguardar o país. Na utilização de combate ao tráfico de drogas. Helicóptero no meio do país não tem tanta utilidade quanto na fronteira.

    1. Prezado Guaracy
      Você tem razão quanto ao posicionamento estratégico dos helicópteros. Por isto existem batalhões de aviação do Exército em Manaus e Campo Grande.
      Entretanto a Base de Taubaté é necessária devido à proximidade aos principais centros de manutenção aeronáutica e além disso, dessa posição efetivos importantes de aeronaves e tripulações conseguem alcançar o sul e o nordeste em menos de 24 hs, prestando valioso apoio à população, como no recente caso do ciclone no sul, as tempestades no litoral norte de São Paulo e regiões serranas do Rio e Espírito Santo.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

DISPONÍVEL