ÁREA DO CLIENTE

Exército incorpora embarcações e amplia capacidade logística na Amazônia

Na tarde desta quarta-feira, dia 13 de dezembro, o Centro de Embarcações do Comando Militar da Amazônia (CECMA) realizou a cerimônia de incorporação de mais dois empurradores fluviais do tipo 2, o Solimões e o Rio Negro, com capacidade de deslocar até 1.500 toneladas.

A aquisição das embarcações ocorreu  com o suporte do Programa Estratégico do Exército (Prg EE) SISFRON, representando um avanço substancial na capacidade logística da instituição, e estas desempenharão um papel crucial no transporte de suprimentos de diversas classes, promovendo a manutenção da capacidade operacional e o estado de prontidão permanente das organizações militares que operam em toda a Amazônia, contribuindo de maneira decisiva para o cumprimento da missão constitucional do Exército Brasileiro na região.

Esta incorporação também amplia significativamente a capacidade logística do EB, que está sendo a colocada a prova com o rápido deslocamento de tropas e equipamentos para o Estado de Roraima, em face de uma possível situação de beligerância entre a Venezuela e Guiana.

Com informações e imagens do Comando Militar da Amazônia

COMPARTILHE

Respostas de 11

  1. excelente aquisição que venham mais e que o futuro próximo possamos ver o desenvolvimento também de barcaças do tipo base móvel com ele Porto e suporte para outros barcos

    1. positivo, o rogo azul-turquesa é a representação da especialidade da tropa, onde a tropa d CECMA, é composta por militares com cursos e instruções específicas para operações fluviais.

  2. sao novos?
    ta na hora de criar o centro de embarcações do CMN
    um batalhao no CMA e outro no CMN especialuzados em operações ribeirinhas e meios orgânicis tambem ia bem

  3. O 9ºDN da marinha também deveria operar embarcações assim e com capacidade de assalto anfíbio ribeirinho e novos navios fluviais de patrulha.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *