Exército envia mais blindados para Roraima

O Comando Militar do Oeste (CMO), sob coordenação do Comando Logístico (CoLog) iniciou o deslocamento estratégico de um esquadrão de Cavalaria mecanizado da 4ª Brigada de Cavalaria Mecanizada (4ª Bda C Mec), denominado “Destacamento Logístico Guaicurus”, rumo à cidade de Boa Vista (RR), no contexto da Operação Roraima.

A concentração dos meios ocorreu entre os dias 08 e 11 de janeiro, na cidade de Campo Grande (MS), sob a responsabilidade do Centro de Coordenação de Operações (CCOp) do CMO, visando reunir todo o material e pessoal das diversas organizações militares, oriundas das guarnições de Nioaque, Ponta Porã, Amambai, Bela Vista, Jardim e Dourados, para serem transportadas pelo 9º Grupamento Logístico (9º Gpt Log) até Porto Velho (RO)  e pela 12ª Região militar (12ª RM)até seu destino final, a 1ª Brigada de Infantaria de Selva (1ª Bda Inf Sl).

Complementando a preparação dos meios, uma seção de manutenção do 9° Batalhão de Manutenção (9º B Mnt), com elementos de manutenção do 28º Batalhão Logístico (28º BLog), realizou a manutenção preventiva de todas as viaturas com vistas ao deslocamento de mais de 2.200 Km, além de sanar as panes observadas no deslocamento durante a concentração inicial, de modo a assegurar a plena confiabilidade do material e minimizar as interrupções de movimento.

Outro comboio, este composto por 14 viaturas (sete pranchas), oriundo da 3ª Divisão de Exército (3ª DE), de Santa Maria (RS), após ter realizado um deslocamento de 1.300 Km, foi recebido em reforço para apoiar o movimento do CMO, sendo integrado aos meios do 18º Batalhão de Transporte (18º B Trnp), que executará do deslocamento.

No dia 13 partiu primeiro comboio, a unidade de marcha “ALFA”, composta por 50 militares e 32 viaturas, das quais 14 VBMT 4X4 Guaicurus e, no dia seguinte, partiu a unidade de marcha “BRAVO”, composta por 48 militares e 32 viaturas, das quais oito VBTP 6X6 Guarani e seis VBR 6X6 Cascavel, ambas das instalações do 20º Regimento de Cavalaria Blindado (20º RCB), na cidade de Campo Grande (MS). A previsão de chegada dos comboios a Porto Velho é para os dias 18 e 19, respectivamente.

Em Porto Velho os militares e as viaturas embarcarão nos meios fluviais do Centro de Embarcações do Comando Militar da Amazônia (CECMA), com destino a Manaus (AM), num deslocamento fluvial de aproximadamente oito dias.

 

Com informações e imagens do Comando Militar do Oeste

Artigos Relacionados

Formulação Conceitual dos Meios Blindados do Exército Brasileiro ESTADO-MAIOR DO EXÉRCITO-PORTARIA Nº 162-EME, DE 12 DE JUNHO DE 2019 Documento...

Pela primeira vez no Brasil, foi realizado o reabastecimento em voo (REVO) por helicóptero, foi a chamada Operação MANGA. Na...

O Grupo EDGE, estatal de tecnologia os Emirados Árabes, anunciou que formalizou uma “joint venture” (JV) com a empresa espanhola...

O Exército Brasileiro (EB), por meio da Chefia de Material do Comando Logístico (CMat/CoLog), publicou hoje, dia 04 de março,...

Durante a HAI Heli Expo 2024, que aconteceu no final de fevereiro, nos Estados Unidos, a Safran Electronics & Defense...

Um valor em torno de U$ 400 milhões, resultante de acordo entre o grupo britânico e o Exército da Dinamarca...

Comentários

14 respostas

  1. Esses 8 Guarani faz parte dos 12 previstos para complementar os 7 que já estão lá ou é mais unidades?

    1. Não, Estes fazem parte do reforço temporário à 1ª Bda Inf Sl no contexto da Operação Roraima.
      Ao final da operação (sem prazo) eles retornarão para a 4ª Bda C Mec.

      1. que bom ,que o exército brasileiro esta ativo e preocupado com a geopolíticos que aconte em roraima para defesa e segurança do Brasil.

  2. Sinto que esse período de “negociações” está servindo apenas para Maduro se preparar. Roraima que se cuide.

  3. É óbvio que esses números em Boa Vista estão maqueados, por uma questão de estratégia militar. Muitos E-9 Cascavel, VBTP-MR Guarani, Agrale Marruá, ATGM, Radares, FAB, MB e Outros…

    1. um r c mec ternario deve ter 18 cascavel e 18 guarani alem de pelo menos 45 viaturas entre marrua e iveco lmv. se forem 2 esquadtoes os numeros caem pra 12 e 30 respectivamente.

  4. Bem o Brasil não está em guerra contra Venezuela,mas se eles invadirem nosso território aí a coisa vai ficar preta, tanto para nós como para eles, o Brasil vai ter que reagir afinal o nosso território não e casa da sogra !

    1. Esse envio mostra mais que a atenção que o EB está tendo na região fora que essa guerra afeta o interesse do nosso governo e o mesmo não vai deixa isso acontecer afinal numa nação só existem interesses e pelo visto o envio de tropas pra fronteira mostra uma certa desavença com o país vizinho

  5. gente isto nada mais doque trinamento para não ficarmos enferrujado
    O Brasil é um país pacífico e com perfil de uma nação solidária.
    O Brasil precisa de se modernizar belicamente apenas para garantir a nossa soberania.
    Brasil nos te amamos

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Disponível

DISPONÍVEL