Exército e Força Aérea realizam treinamento antiaéreo

2
2186

Entre 22 de março a 01 de abril, no Campo de Instrução Barão de São Borja (CIBSB), em Rosário do Sul (RS), a 6ª Bateria de Artilharia Antiaérea Autopropulsada (6ª Bia AAAe AP) participou de um adestramento operacional conjunto com a Ala 4, Base Aérea de Santa Maria, da Força Aérea Brasileira (FAB). A operação teve por objetivo verificar a doutrina de emprego e os equipamentos das duas Forças, assim como adestrar as tropas em operações de guerra.

Empregando a 1ª Seção de Artilharia Antiaérea Autopropulsada, módulo de pronto emprego da 6ª Brigada de Infantaria Blindada (6ª Bda Inf Bld), em um contexto de operações de guerra, as tropas operaram como forças oponentes. Foram empregadas as viaturas blindadas de combate antiaéreo (VBC DA Ae) Gepard 1 A2, realizando a defesa antiaérea de estruturas estratégicas, e as aeronaves da Ala 4, desencadeando missões de reconhecimento, vigilância, apoio aéreo aproximado e ataque às posições.

Com a operação, foi possível aumentar a capacidade de interoperabilidade, a operacionalidade e a prontidão das Forças, além de aperfeiçoar técnicas, táticas e procedimentos, com a participação de oficiais de ligação no local. Todas as atividades seguiram os protocolos de prevenção à Covid-19.

Fonte: Agência Verde Oliva

2 Comentários

  1. Uma dúvida. O EDT Fila não é mais utilizado em nossas forças?
    Exercícios como estás não o empregam?

  2. Sim, os equipamentos diretores de tiro EDT FILA (Flying Interception at Low Altitude) estão em uso pelo EB nas baterias de canhões dos Grupos de Artilharia Antiaérea (GAAAe).
    As Bia AAAe AP não os utilizam, pois as VBC DA Ae Gepard 1A2 possuem um EDT integrado ao seu sistema.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here