Exército apoia população de Marabá afetada por enchentes

Militares da 23ª Brigada de Infantaria de Selva (23ª Bda Inf Sl) participam dos trabalhos de remoção de desabrigados e desalojados pela enchente dos Rios Tocantins e Itacaiúnas. A Prefeitura de Marabá, no sudeste do Pará, decretou situação de emergência no município esta semana. Diversas áreas da cidade foram afetadas, atingindo mais de 1.500 famílias.

A Operação Enchente teve início nesta terça-feira, dia 21 de março, contando também com efetivos do 1° Grupo de Artilharia de Campanha de Selva (1° GAC Sl). Nos dois primeiros dias, foi realizada a remoção de 15 famílias atingidas pelas cheias, incluindo a retirada de móveis e outros bens pessoais. Para prestar esse apoio à população, o Exército empregou homens e viaturas com capacidade para carga útil de cinco toneladas, além de uma embarcação patrulha de grupo.

A Coordenadoria Municipal de Proteção e Defesa Civil aponta que o nível do Rio Tocantins está mais de 11 metros acima do nível normal e o Rio Itacaiúnas ultrapassa os 13 metros.

Ao todo, já são 400 famílias desabrigadas, que são levadas para abrigos oficiais, em vários núcleos da cidade. Para emergências, a Defesa Civil disponibilizou o telefone (94) 99173-7173.

Fonte: 23ª Brigada de Infantaria de Selva, via Agência Verde Oliva
Fotos: 1° Grupo de Artilharia de Campanha de Selva

Artigos Relacionados

Formulação Conceitual dos Meios Blindados do Exército Brasileiro ESTADO-MAIOR DO EXÉRCITO-PORTARIA Nº 162-EME, DE 12 DE JUNHO DE 2019 Documento...

Pela primeira vez no Brasil, foi realizado o reabastecimento em voo (REVO) por helicóptero, foi a chamada Operação MANGA. Na...

No dia 08 de maio de 2024 acontecerá Helipark, em Carapicuíba, na Região Metropolitana de São Paulo (SP), a Conferência de Aviação Policial –...

Os anos pioneiros da era do jato na Aviação de Caça da Força Aérea Brasileira foram marcados pela operação de...

A Comissão do Exército Brasileiro em Washington (CEBW) publicou, na última sexta-feira, dia 19 de abril, um pedido de cotação...

O crescimento da Base Industrial de Defesa e Segurança Pública (BIDS) torna esse setor ainda mais estratégico e relevante para...

Comentários

Uma resposta

  1. Esse é um dos árduos trabalhos de assistência que nossas forças armadas, tão depreciadas, exercem. Só quem vive nestes rincões do Brasil e dependem sempre da ação dos militares é que sabem a importância que eles teem . Parabéns aos bravos guerreiros!!!

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

DISPONÍVEL